Esta matéria aqui é para quem não suporta assistir uma série que envolva algum tipo de mistério e não saber o que aconteceu. Ou então para aqueles que, mesmo vendo a série, não conseguiram entender muito bem o que aconteceu. Esse é o caso de Chambers.

Na série, Becky LeFevre (Lilliya Scarlett Reid) é uma adolescente que morre eletrocutada dentro de uma banheira. Na mesma noite, Sasha (Sivan Alrya Rose), outra adolescente, tem um ataque cardíaco e precisa urgentemente de um transplante, então acaba ganhando o coração de Becky.

A partir daí, Sasha começa a ter visões e experiências sobrenaturais. Ao fim da temporada ela descobre que tanto ela, quanto Becky, foram feitas com um único propósito: serem hospedeiras de Lilith. Entidade essa que é uma espécie de demônio, mas, basicamente, foi a primeira mulher de Adão que preferiu sair do jardim do Éden a ser submissa a ele de acordo com algumas mitologias.

Veja Também!  Confira 5 filmes curtos para assistir na Netflix

Bom e, basicamente, Becky surtou quando descobriu sobre tudo isso e sobre o propósito da Fundação Anexo, que cultua Lilith. A garota então se matou por não querer mais ser hospedeira da entidade. Ela deixou que sua banheira se enchesse completamente e então derrubou um rádio dentro. Mas por que?

Becky foi parte de um ritual da Fundação Anexo para que fosse a hospedeira de Lilith. A partir daí, tudo ocorreu bem na vida da garota, afinal, ela não se lembrava de nada. Com o tempo a garota começou a ter condutas violentas, o que a levou a investigar o que estava acontecendo com ela. Quando descobriu, ficou tão horrorizada que acabou por cometer suicídio.

Veja Também!  Netflix | 10 séries imperdíveis com mulheres fortes

Você gostou de Chambers? Fiz uma matéria também contando sobre o que você pode esperar da segunda temporada. Confira aqui.

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.