Deep é o mais novo filme tailandês de ficção científica para o público jovem da Netflix, lançado no dia 16 de julho de 2021 na plataforma de streaming, mas será que vale a pena conferir?

Antes de mais nada, confira o trailer logo abaixo:

Enredo

Deep acompanha quatro jovens estudantes de medicina que, por motivos diferentes, lidam com a falta de boas noites de sono e acabam usando isso a seu favor para participar de um experimento científico em troca de uma boa quantidade de dinheiro, mas acabam se metendo em encrenca conforme as experiências se revelam mais perigosas do que o esperado.

A Tailândia tem chegado com força na Netflix, com produções como Garota de Fora e Nada ao Redor conquistando a maioria dos espectadores. O filme Deep tem uma premissa interessante e consegue prender o espectador. No entanto, em sua reta final, tenta ir além de seus limites em uma execução falha de um plot-twist que, na verdade, acaba apenas quebrando com o ritmo e linearidade da narrativa, sendo mais improdutivo do que frutífero para a experiência do espectador.

Veja Também!  Ficha Técnica | Três Histórias de Amor (Original Netflix)

Elenco e Personagens

Os personagens de Deep são bastante caricatos e não vão muito além do que se propõe, liderados por Jane, uma estudiosa que só quer o bem da sua família. O time fica completo com Win, o baladeiro que demonstra ter um bom coração, a influenciadora fashion Cin e Peach, um gamer com um segredo não-tão-secreto-assim.

O elenco não possui rostos conhecidos para o público geral, mas os atores são até que bastante convincentes para uma produção adolescente — embora, em alguns momentos de maior tensão, a falta de expressividade da atriz principal Panisara Rikulsurakan possa ser de um certo incômodo.

Direção e Fotografia

Deep é dirigido por Sid Wisit Sasanatieng, que já havia trabalhado em outros projetos no cinema tailandês e premiado no Thailand National Film Association Award. Como uma proposta de suspense, o filme tenta usar de alguns elementos fotográficos, de jogos de câmera, iluminações e tonalidades, para tentar aumentar a tensão das cenas. No entanto, principalmente quando envolve o uso de efeitos especiais, acaba caindo mais uma encenação caricata do que em algo digno de sustos.

Veja Também!  Resenha | O Pai que Move Montanhas (Original Netflix)

Resenha | Deep (Original Netflix)

Cenografia e Figurinos

A cenografia passa por seus autos e baixos: ao mesmo tempo que vemos o tecnológico câmpus de medicina de uma universidade de prestígio ou os modernos laboratórios de ciência, também somos apresentados a algumas residências mais humildes e laboratórios de fundo de quintal que tentam dar um ar mais realista (e, ainda, tenso) à narrativa.

Apesar dos figurinos não serem tão essenciais assim, deixam um pouco a desejar, principalmente quando falamos da personagen Cin: no entanto, também é um pouco complexo cobrar a perfeição de uma influencer em momentos tão tensos quanto os vividos pela personagem.

Resenha | Deep (Original Netflix)

E você, o que achou de Deep? Conta pra gente nos comentários!


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
Veja Também!  Netflix divulga trailer do filme O Fio Invisível, assista!


 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.