Conforme eu já havia revelado na resenha sobre Dirty John, a nova série da Netflix, ela foi inspirada numa coletânea de artigos que expuseram o golpista John Meehan. Artigos estes que viraram um podcast, que, no final, também serviu de inspiração para o show. Mas você já imaginou quais são as diferenças entre ele e o seriado?

Pois bem, a maior diferença percebida entre aqueles que escutaram o podcast e viram a série foi o aprofundamento. De acordo com eles, o podcast apenas traz relatos da própria Debra Newell. Dessa forma, fica difícil para o espectador conseguir entender como a designer se entregou aos encantos do golpista.

DIRTY JOHN — “Approachable Dreams” Episode 101 — Pictured: (l-r) Eric Bana as John Meehan, Connie Britton as Debra Newell — (Photo by: Michael Becker/Bravo)

Mas esse não é um erro cometido pela série. Afinal, Dirty John explora bem a dualidade de John e a forma como ele conduziu Debra. Com isso, conseguimos ver a situação como um todo e entender como o golpista agia para fazer a designer se apaixonar. Porém, ao mesmo tempo, era um homem perigoso.

Veja Também!  Kocowa | 4 shows de variedades para ver em português

Na série, os protagonistas são interpretados por Eric BanaConnie Britton.

Você já assistiu Dirty John na Netflix? Conta para a gente o que achou da série!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.