De acordo com o site io9, o diretor e roteirista James Gunn (Guardiões da Galáxia) está em negociações para roteirizar – e possivelmente dirigir – a sequência de Esquadrão Suicida (2016).

Ao ter se envolvido em polêmicas com antigos tweets, nos quais fazia piadas sobre estupro e portadores de AIDS, o diretor acabou sendo demitido da Disney (proprietária da Marvel) em julho deste ano e não estará envolvido no terceiro filme da saga Guardiões da Galáxia, previsto para 2020.

Negociando agora com a DC Comics, James pode entrar para o segundo volume da trama de anti-heróis, que está sendo produzida por Peter Safran (A Freira, Aquaman), porém sem data de lançamento definida.

Veja Também!  Domingo Maior | TV Globo exibe o filme 'Tiras, Só que Não' - (21/10)
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.