De acordo com o site io9, o diretor e roteirista James Gunn (Guardiões da Galáxia) está em negociações para roteirizar – e possivelmente dirigir – a sequência de Esquadrão Suicida (2016).

Ao ter se envolvido em polêmicas com antigos tweets, nos quais fazia piadas sobre estupro e portadores de AIDS, o diretor acabou sendo demitido da Disney (proprietária da Marvel) em julho deste ano e não estará envolvido no terceiro filme da saga Guardiões da Galáxia, previsto para 2020.

Negociando agora com a DC Comics, James pode entrar para o segundo volume da trama de anti-heróis, que está sendo produzida por Peter Safran (A Freira, Aquaman), porém sem data de lançamento definida.

Veja Também!  Corujão II | Globo exibe o filme 'Um Herói de Brinquedo 2' - (14/12)
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here