Já está disponível na Netflix a primeira temporada de Goedam, nova série sul-coreana de terror original da plataforma de streaming. O k-drama conta com apenas oito episódios de cerca de 10 minutos cada, mas não é recomendado para menores de 16 anos por seu caráter sombrio.

Assista ao trailer logo abaixo:

Sobre o Enredo

Goedam é uma série antológica e cada episódio se baseia em lendas urbanas da Coreia do Sul: super curtinhos, não desenvolvem muito a história ou criam tridimensionalidades para seus personagens, focando apenas na ação do terror — e, mesmo assim, não consegue ser lá muito assustador.

Há muitos filmes coreanos que dão muito mais medo, como A Tale of Two Sisters (2003), mas apesar da falha no quesito “susto” é uma boa produção para se aprender um pouco mais sobre as lendas coreanas, que são um tanto diferentes das da cultura brasileira/ocidental.

Veja Também!  Resenha | A Penúltima Palavra - 1ª Temporada (Original Netflix)

도시괴담

Os episódios não são sequenciais, mas alguns deles são interligados por pequenos detalhes, como ambientação ou figurantes que ganham narrativas próprias em outro capítulo. É interessante quando esses conectores se tornam percebidos pelo espectador, como easter eggs.

Elenco e Personagens

Como é uma série curtinha e mais centrada em ação do que em narrativa, os personagens acabam sendo um pouco rasos por não apresentar muito sobre seus passados e motivações, mas não faz falta porque, sinceramente, não é revelante para o núcleo “instantâneo” de Goedam.

Atuar em produções de terror não é nada fácil: o medo é uma das emoções mais difíceis de se fingir, e mesmo em uma produção tão curta já conseguimos ver algumas boas atrizes, graças ao seu elenco predominantemente feminino. O destaque fica para Song Chaeyoon (The Tale of Nokdu) e sua ótima performance como uma estudante bad girl.

Veja Também!  Ficha Técnica | Ratched - 1ª Temporada(Original Netflix)

As cantoras Seola (WJSN) e Hyunjoo (ex-APRIL) também tiveram seus momentos de destaque como recorrentes da trama, tal como Han Ga Rim que mostrou uma performance incrível ao interpretar uma streamer cheia de personalidade e provavelmente a personagem mais complexa da trama.

Resenha | Goedam - 1ª Temporada

Direção e Fotografia

Tudo acontece no estilo curta-metragem, como se cada episódio fosse um pequeno filme independente, mas que faz parte de um universo maior chamado Goedam. Não há nada de super inovador, mas também não é falho e cumpre com o prometido: entreter.

Usa bastante de cenários escuros/noturnos, mas também não apela como única estética e consegue se dar bem ainda em cenas claras. Cortes bruscos, bem ao estilo de filmes do gênero, são utilizados para dramatizar e impactar os momentos mais tensos, em um efeito que funciona bem.

Veja Também!  Resenha | AA do Amor (Original Netflix)

Cenografia e Figurinos

O principal ambiente é a escola, onde se passam alguns episódios e permite o público a se familiarizar com o espaço, mas explora outras locações a depender de cada episódio: apartamentos, elevadores e até ruas podem dar lugar a um conto de terror, afirmando que o medo está por toda a parte.

Os figurinos também vão muito de acordo com as histórias de cada episódio, concordando com a personalidade de seus personagens e nunca se sobressaindo: você não vai terminar o drama pensando em roubar o guarda-roupa de alguém, como em Tudo Bem Não Ser Normal, mas ainda pode se lembrar de um par de saltos vermelhos. Sem spoiler!

Resenha | Goedam - 1ª Temporada

E você, já assistiu Goedam? Conta pra gente nos comentários o que achou da série coreana!


Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.