Hoje é o Halloween! (ou como dizemos aqui no Brasil: Dia das Bruxas). A literatura nacional não é tão valorizada assim, os livros de maiores sucessos são em grande maioria estrangeiros. Os grandes livros nacionais ou são clássicos ou voltados para a comédia-romântica, porém os temáticos sobre terror são extremamente bons e interessantíssimos.

Um autor brasileiro que ficou conhecido por suas obras voltada ao terror é Raphael Montes. Ele tem apenas 29 anos e já vendeu mias de 80 mil cópias. Vale a pena conferir o trabalho dele!

Suicidas (2012)

O primeiro trabalho de Raphael Montes foi com “Suicidas”. A história aborda 9 jovens que estão juntos em um porão, eles possuem uma arma e decidem participar de uma roleta-russa. Um ano depois se passa, essa “brincadeira” terminou de forma trágica e misteriosa em que todos os jovens praticaram suicídio. Até que uma nova prova surge e a polícia precisa reviver o caso.

Veja Também!  Consciência Negra | 10 filmes necessários e inspiradores

Dias perfeitos (2014)

Seu segundo livro foi uma de suas obras que mais fizeram barulho, todos os leitores conheceram mais o nome do autor e tiveram mais oportunidades para conhecer sua escrita a partir desse livro. “Dias perfeitos” é sobre o amor obsessivo e paranoico de Téo, um estudante de medicina solitário que após conhecer Clarice fica obcecado na garota. Ele chega ao extremo de sequestrá-la na intenção de conquistá-la.

O vilarejo (2015)

Esse livro é diferente de todos os outros no sentido de que ele é uma coleção de contos em que todas as histórias se passam num único vilarejo e o livro ainda vem acompanhado de ilustrações. O mais legal é que ao final do livro todos os contos se juntam e fazem sentido, compondo assim, uma única história. Montes criou 7 histórias baseadas em demônios que representam os 7 pecados capitais. Todos esses demônios foram responsáveis por invocarem o mal nas pessoas do vilarejo e responsáveis por dizimar a população de lá.

Veja Também!  Star Wars | Confira a ordem cronológica dos filmes e séries

Jantar secreto (2016)

Nessa obra, um grupo de universitários deixa Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles fazem de tudo para sobreviverem em Copacabana e pagar a faculdade, porém o dinheiro está ficando escasso e a ideia em fazer jantares secretos e divulgar para a elite chega à eles. Mas ninguém contavam que os jantares são a base de corpos contrabandeados ou arranjados em matadouros clandestinos.

Criaturas e criadores (2017)

Esse último livro foi publicado em companhia com outros autores: Raphael Draccon, Carolina Munhoz e Frini Georgakopoulos. Todos os autores brasileiros têm o foco no terror e no suspense e, juntos, os 4 reinventaram clássicos do terror como, por exemplo, o Frankenstein viver numa favela do Rio de Janeiro e o Drácula ser dono de uma famosa boate.

Veja Também!  Cinema | Estreias da Semana (21/11)

Importante dizer que nenhuma das obras de Raphael Montes são leves ou para o público jovem, ele retrata coisas pesadas e assuntos sérios repletos de críticas.

Você já leu algo desse autor? Conhece outro escritor ou escritora nacional que tem o foco no terror? Comente!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.