Há quatro anos, o dia 11 de fevereiro foi estabelecido pela ONU como Dia Internacional das Mulheres e Meninas na Ciência, por isso selecionamos 5 filmes protagonizados por mulheres cientistas da vida real.

1. Radioactive (2019)

Marie Curie (Rosamund Pike)

Radioactive é um filme biográfico britânico de 2019 dirigido por Marjane Satrapi e estrelado por Rosamund Pike como Maria Skłodowska-Curie (Marie Curie). O filme é baseado no romance gráfico de Lauren Redniss.

Sinopse: Devota da ciência, Marie (Rosamund Pike) sempre enfrentou dificuldades em conseguir apoio para suas experiências devido ao fato de ser uma mulher. Ao conhecer Pierre Curie (Sam Riley), ela logo se surpreende pelo fato dele conhecer seu trabalho, o que a deixa lisonjeada. Logo os dois estão trabalhando juntos e, posteriormente, iniciam um relacionamento que resultou em duas filhas. Juntos, Marie e Pierre descobrem dois novos elementos químicos, rádio e polônio, que dão início ao uso da radioatividade.

2. Nas Montanhas dos Gorilas (1988)

Dian Fossey (Sigourney Weaver)

Na Montanha dos Gorilas, um filme do século passado, traz a jornada de Dian Fossey, determinada em impedir atrocidades contra os animais.

Veja Também!  Dakota Fanning | Os maiores filmes da jovem atriz

Sinopse: A luta da antropóloga americana Dian Fossey (Sigourney Weaver), que em 1967 viajou para Ruanda, na África, e durante toda a vida se dedicou à preservação dos gorilas da montanha, ameaçados de extinção em razão da caça indiscriminada. Dian utilizou todos os meios possíveis para protegê-los e esta luta se tornou uma paixão tão obsessiva que nem mesmo Bob Campbell (Bryan Brown), seu namorado fotógrafo, consegue demovê-la do seu objetivo.

3. Estrelas Além do Tempo (2017)

Da esquerda para a direita: Mary Jackson (Janelle Monáe), Katherine Johnson (Taraji P. Henson) e Dorothy Vaughan (Octavia Spencer).

O drama biográfico Estrelas Além do Tempo conta as histórias reais de três funcionárias pioneiras na inserção feminina nas áreas matemáticas e de engenharia, além de combaterem o racismo explícito no país na época.

Sinopse: 1961. Em plena Guerra Fria, Estados Unidos e União Soviética disputam a supremacia na corrida espacial ao mesmo tempo em que a sociedade norte-americana lida com uma profunda cisão racial, entre brancos e negros. Tal situação é refletida também na NASA, onde um grupo de funcionárias negras é obrigada a trabalhar a parte. É lá que estão Katherine Johnson, Dorothy Vaughn e Mary Jackson, grandes amigas que, além de provar sua competência dia após dia, precisam lidar com o preconceito arraigado para que consigam ascender na hierarquia da NASA.

Veja Também!  Ellen Page | 10 filmes e séries com a atriz canadense

4. Alexandria (2009)

Hipátia (Rachel Weisz)

Alexandria conta a história da grega polímata a frente de seu tempo: a matemática, filósofa e astrônoma, Hipátia de Alexandria, que ousou lecionar na Academia Neoplatônica no começo do século V, em uma época que mulheres não podiam ter acesso ao conhecimento.

Sinopse: Sob o domínio Romano, a cidade de Alexandria é palco de uma das mais violentas rebeliões religiosas de toda história antiga. Judeus e cristãos disputam a soberania política, econômica e religiosa da cidade. Entre o conflito, a bela e brilhante astrônoma Hipátia (Rachel Weisz) lidera um grupo de discípulos que luta para preservar a biblioteca de Alexandria. Dois deles disputam o seu amor: o prefeito Orestes (Oscar Isaac) e o jovem escravo Davus (Max Minghella). Entretanto, Hipátia terá que arriscar a sua vida em uma batalha histórica que mudará o destino da humanidade.

Veja Também!  Lista | 4 motivos para assistir Castlevania

5. Temple Grandin (2010)

Temple Grandin (Claire Danes)

Temple Grandin é o filme biográfico cujo título é o nome de uma mulher com autismo que transformou as práticas para o tratamento racional de animais em fazendas e abatedouros.

Sinopse: Cinebiografia da jovem autista Temple Grandin, que tinha sua maneira particular de ver o mundo, se distanciou dos humanos, mas chegou a conseguir, entre outras conquistas, defender seu doutorado. Com uma percepção de vida totalmente diferenciada, dedicou-se aos animais e remodelou os métodos de manejo do gado. Temple usa sua sensibilidade e habilidade com os animais para criar uma técnica que revoluciona a indústria agropecuária dos Estados Unidos.

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.