A Marvel Studios vem cada vez mais mostrando diversidade em seus filmes, e Victoria Alonso, vice-presidente executiva de produção, diz que essa é a meta do estúdio, ver todas as comunidades representadas no MCU.

E não de uma forma secundária, ela diz que querem ver os personagens crescerem e tomarem espaço ao lado daqueles que já são tão comumente vistos.

“Você não vai conseguir ser verdadeiramente sucedido se o mundo como um todo não ver o seu produto. Então nós estamos determinados a ter cada uma dessas pessoas representadas nos nossos filmes.De alguma forma, em algum momento,” Alonso disse em entrevista à BBC.

“Agora, nós só fazemos de dois a três filmes por ano, então é difícil fazer isso em cada um deles — mas é, definitivamente, uma das coisas que em que nós pensamos a todo o momento.”

Veja Também!  Ryan Reynolds | Os melhores filmes da carreira do astro
Marvel Studios’ BLACK PANTHER..T’Challa/Black Panther (Chadwick Boseman)..Photo: Matt Kennedy..©Marvel Studios 2018

A produtora ajudou no nascimento nas telonas de personagens como Pantera Negra (Chadwick Boseman), Agente Peggy Carter (Hayley Atwell), Falcão (Anthony Mackie) e a Capitã Marvel (Brie Larson).

Quando foi perguntada sobre quais comunidades ainda precisam ser representadas, ela citou os Latinos, Asiáticos e a LGBTQ.

O sucesso inquestionável de Pantera Negra, que teve uma bilheteria mundial de U$1.3 bilhões de dólares, mostra que a audiência está a procura de representatividade dentro dos filmes do MCU.

Capitã Marvel chega às telas dos cinemas dia 8 de março, seguida de Vingadores 4 em 3 de maio e Homem-Aranha: Longe de Casa, em 5 de julho, todos em 2019.

 
Veja Também!  Resenha | Blame! (Original Netflix)


Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.