A Mulher na Janela é um filme de suspense de 2021 da Netflix. Baseado no romance de mesmo nome escrito por A. J. Finn, o longa conta com a direção de Joe Wright e roteiro de Tracy Letts. No elenco estão nomes como Amy Adams, Anthony Mackie, Gary Oldman, Julianne Moore, Jennifer Jason Leigh, Wyatt Russell, entre outros.

Enredo de A Mulher na Janela

Anna Fox (Amy Adams) é uma mulher que sofre de agorafobia, uma síndrome que a impede de sair de sua casa sem que sofra de um ataque de pânico. Para passar seu tempo Anna então espia seus vizinhos, e quando uma nova família se muda na casa da frente, eventos estranhos começarão a acontecer.

Por conta de sua síndrome, Anna toma vários medicamentos, e muitas vezes acompanhados de álcool, logo a mulher não é uma pessoa confiável. Ainda mais quando ela afirma ter visto sua nova vizinha, Jane Russell (Julianne Moore) ter sido assassinada. Acontece que Anna nunca conheceu Jane Russell, e agora tudo o que ela vê e diz é posto em dúvida.

Veja Também!  Resenha | Thelma e Louise (1991)

Com um ritmo rápido, uma tensão bem construída e uma narradora não muito confiável, o longa deixa o telespectador apreensivo e sem saber em quem confiar.

Elenco e Personagens

Todo o elenco foi muito bem representado e construído, deixando dúvidas sobre suas reais intenções, no entanto, a personagem que realmente se sobressai é a Anna Fox de Amy Adams.

A mulher com agorafobia foi brilhantemente representada, e mesmo que não se possa confiar em Anna, é impossível não gostar ou se simpatizar com a personagem. Amy Adams fez um trabalho excepcional ao interpretá-la, trazendo toda a dor, sofrimento e confusão da personagem para as telas.

Direção e Fotografia

 

Joe Wright conseguiu ambientar e desenvolver muito bem a história para as telas, mantendo o ritmo agradável para o telespectador, sem nunca parecer lento demais e sempre deixando no ar uma expectativa para os próximos acontecimentos, pelo menos até o final.

Veja Também!  Netflix divulga trailer do filme As Passageiras, assista!

Sendo baseado no livro de A. J. Finn, críticas quanto ao excesso de reviravoltas são desnecessárias para o diretor, no entanto elas existem.

Mesmo que o ritmo por grande parte do filme seja muito bem balanceado, logo após uma grande revelação, o filme entra em um ritmo acelerado demais, com várias outras revelações e acontecimentos que se misturam e tornam o final um tanto emaranhado e pouco consistente.

Já a fotografia foi muito bem utilizada e trouxe com perfeição os toques de tensão e loucura necessários para o filme.

Cenografia e Figurinos

A maior parte do filme se passa dentro do apartamento de Anna, até mesmo porque, a personagem sofre de agorafobia. O local é grande, mas ao mesmo tempo passa a impressão de fechado demais, é como se fosse a prisão exclusiva de Anna.

Os figurinos de Anna também são bem pensados para mostrar como a síndrome da mulher afeta sua vida, bem como sua vontade de viver. Anna passa a maior parte de seu tempo de pijamas, nunca arrumada. São detalhes que mostram como a saúde mental da mulher está debilitada e com pouca ou nenhuma vontade de viver.

Veja Também!  Onde Assistir | Filme Intrusion online

A Mulher na Janela é um filme que consegue manter o ritmo de suspense muito bem enquanto conta com a maravilhosa atuação de Amy Adams como uma mulher agorafóbica. No entanto talvez algumas decisões de reviravoltas foram um pouco longe demais. Mas no geral é um filme que mantém o telespectador interessado.

E você, já assistiu ao suspense A Mulher na Janela? Conta o que achou.


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.