A Vida e a História de Madam C.J Walker é a mais nova minissérie original da Netfilx lançada em 20 de março de 2020. O show foi criado por Elle Johnson e Janine Sherman. Seu elenco conta com Octavia Spencer, Carmen Ejogo, Tyffany Haddish, Blair Underwod, Garret Morris, Sydney Morton, Kevin Caroll, J. Alphonse Nicholson entre outros nomes.

Enredo de A Vida e a História de Madam C.J Walker

A Vida e a História de Madam C.J Walker segue a vida de Sarah (Octavia Spencer) uma mulher negra que, cansada de lavar roupas para conseguir dinheiro, pede para Addie (Carmen Ejogo) para ser uma vendedora de seu produto capilar. Após ser rejeitada, Sarah decide fazer seu próprio produto e sua própria marca. A história é baseada em fatos reais.

A obra possui um ritmo relativamente acelerado quando se trata das negociações, a busca por investidores e etc. Porém levemente devagar nas cenas dramáticas.

Elenco e Personagens

A construção dos personagens é boa, suas viradas são previsíveis, porém interessantes. Entretanto, a obra cresce bastante devido seu elenco, por exemplo com a ótima atuação de Octavia Spencer, que possui uma personagem resiliente, certamente essa atuação foi muito importante para a série. Além dela, temos a de Carmen Ejogo, com uma personagem invejosa, rude, porém triste. Finalmente, a trama se completa com a atuação de Garret Morris (Cleophus), um personagem sábio, engraçado e com histórias que leva o espectador para outras épocas nos Estados Unidos. Todas essas atuações são bem competentes.

Direção e Fotografia de A Vida e a História de Madam C.J Walker

A direção dá um tom otimista e esperançoso à obra, além disso, um dos seus principais objetivos é fazer críticas sobre racismo e sobre os direitos entre homens e mulheres, até porque, mesmo se passando no início do século vinte, essa críticas são bem atuais. Além disso, é um assunto muito discutido nos últimos anos. Mas uma coisa não muito interessante é o uso dos elementos fantasiosos na minissérie.

Portanto a fotografia dá uma atenção especial ao verde, que serve à narrativa, uma vez que a cor está relacionada à renovação, ao crescimento, ao renascimento e aqui, principalmente, ao dinheiro.

Cenografia e Figurinos

Quando se trata obras de época, deve-se dar uma atenção especial a esses critérios. Aqui, a minissérie cumpre muito bem eles. Nos cenários, a obra mostra bem a época com casas de madeira, carros antigos, feiras, etc. Por fim, nos figurinos, é mostrados vestidos, ternos, uniformes, tudo de um jeito em que, quando vistos, é possível saber de qual época esta sendo retratada.

Já assistiu a essa nova minissérie da Netflix?  Diga para a gente nos comentários o que achou dela!


Inscreva-se no nosso canal
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.