Lançado em 01 de novembro, American Son é o mais novo filme Original Netflix. Baseado em uma peça da Broadway de mesmo nome, a trama mistura drama e suspense para dar uma aula sobre racismo.

Na trama, uma mãe está desesperada em busca de seu filho, negro, desaparecido há algumas horas. O policial de plantão não pode fazer muito, devido ao protocolo que deve seguir, mas terá seus preconceitos inconscientes testados.

Resenha | American Son (Original Netflix)

Importantíssimo

Aborda-se ainda questões como relacionamento inter-racial, abandono paterno, confrontos policiais e adolescência, tudo com uma mão pesada de atuações extremamente dramáticas e emocionantes.

A história é, sem dúvida alguma, necessária. Sem romantizar ou “hollywoodizar” o enredo, a narrativa entrega um retrato nu e cru do racismo, com um choque de realidade que assemelha-se a um tapa na cara.

Veja Também!  Ficha Técnica | Um Passado de Presente (Original Netflix)

Performance teatral

Muito disso deve-se à perfeita atuação de Kerry Washington, que carrega o filme nas costas com o drama de uma mãe, sobretudo de uma mãe negra de um filho negro. Talvez, um dos momentos mais impactantes do filme seja a sua conversa com o personagem de Eugene Lee, também grandioso em sua performance.

Tal carga dramática, entretanto, vem do teatro. Embora o roteiro tenha sido transportado para o cinema grande parte da linguagem teatral foi mantida, incluindo as atuações explosivas, excesso de diálogos e baixa de cenários.

Ambientado em uma única sala, ao ser comparado com outros filmes pode parecer pobre ou preguiçoso, mas essa é, na verdade, uma das grandes forças de American Son. Sem grandes distrações, o filme é todo focado na sua narrativa, e toda sua narrativa é focada na discussão sobre o preconceito racial.

Veja Também!  Onde Assistir | Documentário Lorena, la de pies ligeros online

Resenha | American Son (Original Netflix)

Dois pesos

Ao mesmo tempo em que funciona muito bem para ressaltar o peso de sua mensagem, ser muito teatral também pode ser um ponto a baixo para a produção. Neste sentido, quando apresentado a um público com pouca experiência nesse tipo de contação de história, pode se tornar cansativo.

Para disfarçar, a versão fílmica adiciona algumas cenas de flashback, mas estas tornam-se totalmente obsoletas e enfraquecem a emoção que a cena poderia ter passado somente com diálogos. Às vezes, mostrar demais também é um erro.

Entretanto, ainda que com alguns defeitos, American Son consegue ser um bom filme. Mas mais do que isso: consegue ser um filme necessário.

Veja Também!  Ficha Técnica | Sem Medo da Vergonha - 1ª Temporada (Original Netflix)

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.