Mesmo que Eleanor & Park tenha sido o primeiro livro da autora a chegar no Brasil, a primeira obra de fato de Rainbow Rowell foi Anexos.

Essa é uma história madura e contemporânea de personagens baseados em pessoas comuns e reais, uma obra com adultos em seu enredo, mas que não perde de forma alguma a pitada clássica de humor de Rainbow Rowell e sua escrita leve e gostosa.

Ficha Técnica

  • Título: Anexos
  • Título original: Attachments
  • Autora: Rainbow Rowell
  • Editora: Novo século
  • Páginas: 366
  • Ano de lançamento: 2014

Enredo

Por ser um romance se espera algo totalmente clichê e com personagens que já conhecemos bem, não é? Porém, Rainbow Rowell faz questão de nos presentear com algo diferente.

O romance com uma história original nos apresenta Beth e Lincoln que, mesmo trabalhando na mesma empresa, nunca se viram. Lincoln é um rapaz que acabou de se formar em T.I., ele não tem muita certeza se era realmente isso que queria de sua vida, mas, no meio de toda essa confusão interna, um trabalho surge: trabalhar em período noturno na redação de um jornal.

Veja Também!  Resenha | Grand Army - 1ª Temporada (Original Netflix)

O trabalho dele era algo simples: proteger as máquinas do “bug do milênio”, já que se acreditava que na virada de 1999 para 2000 todas as máquinas sofreriam um bug, e ler os e-mails como forma de controle.

Beth Fremont e sua amiga Jennifer Scribner-Snyder viviam trocando confidências e assuntos pessoais via e-mail, mesmo sabendo que era algo proibido na empresa. O recém-formado em T.I. sabe que deveria reportar os emails, porém, à medida que as histórias das duas vêm gerando interesse e o tirando do tédio, Lincoln começa a desenvolver sentimentos por Beth mesmo sem saber como ela é.

Personagens

O maior diferencial de Rainbow Rowell é como ela constrói seus personagens. Ela deixa claro, através deles, a necessidade de fazê-los pessoas comuns e reais para que assim gere maior empatia e identificação. Principalmente em Anexos.

Veja Também!  Resenha | La Révolucion - 1ª Temporada (Original Netflix)

Os defeitos, medos, angústias, tristezas e imperfeições dos personagens nos é mostrado sem medo algum. Através deles, a autora aborda assuntos como baixa auto-estima, conflitos com pessoas que gostamos e entre outras coisas.

Outra coisa bacana é como até fisicamente são personagens que fogem do padrão que estamos cansados de ver: um personagem com poucos defeitos, aparência impecável e corpo como os dos padrões.

A autora usa de todas essas características para criar um humor que flui bem para que seja uma leitura gostosa.

Escrita do Autor

Como já dito acima, um ponto positivo na escrita de Rowell é como ela consegue pegar todos os acontecimentos e detalhes para gerar humor. Não é um livro em que o foco é a comédia, mas consegue arrancar muitas risadas de quem lê.

Veja Também!  Resenha | Rebecca - A Mulher Inesquecível (Original Netflix)

A escrita é leve também no sentido de como ela propôs a escrever, usando palavras e termos nada rebuscados e de fácil entendimento. Faz com que o livro fique mais acessível para que todos possam acompanhar as reviravoltas da história e o grande clímax dela.

É uma leitura que vale muito a pena. Já leu? O que acha? Comente!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.