Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa (2020) entrou em cartaz nos cinemas brasileiros na última quinta-feira, 06 de fevereiro. Com direção de Cathy Yan, o longa do mesmo universo de Esquadrão Suicida (2016) conquista com sua mistura de ação, violência e comédia.

Assista ao trailer de Aves de Rapina:

Sobre o Enredo

Arlequina e Coringa oficialmente terminaram seu relacionamento. Enquanto Quinn trabalha em sua emancipação, acaba se envolvendo em problemas com metade da cidade e, para salvar a própria pele, precisa encontrar Cassandra Cain: uma criança que roubou um diamante importantíssimo.

Aves de Rapina é o primeiro grande filme de heróis com uma equipe feminina e, portanto, não é de se estranhar sua conotação feminista. Todo o filme aborda como Harley luta contra as consequências de seu relacionamento abusivo com o Coringa, além da união de mulheres que, por mais diferentes que sejam entre si, são todas vítimas do machismo.

Elenco e Personagens

Margot Robbie retorna ao seu papel como Harley Quinn pela primeira vez desde Esquadrão Suicida, e continua incrível no papel. O filme Eu, Tonya (2017), inspirado na vida da patinadora Tonya Harding , rendeu uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz a Margot e parece ter influenciado a coreografia de algumas lutas no filme.

Ewan McGregor está completamente diferente de qualquer papel já feito pelo ator: quem lembra de Obi Wan Kenobi ou Christopher Robin irá estranhar a performance mais extrovertida de Máscara Negra, codinome do líder criminoso Roman Sionis. Comprova-se, entretanto, a versatilidade do ator.

Veja Também!  Resenha | Sonic: O Filme (2020)

Aves de Rapina também dá um show de representatividade ao insinuar a bissexualidade de Harley Quinn e o relacionamento lésbico de Renée. A escolha do elenco também é cuidadosa para não selecionar somente atrizes brancas, com protagonistas de ascendência asiática, latina e africana em cena, brilhando tanto quanto Margot.

Direção e Fotografia

Cathy Yan foi brilhante em seu trabalho, comprovando a importância de uma mulher assumindo a cadeira de direção em um filme sobre mulheres. Enquanto Harley e Margo foram extremamente sexualizadas em Esquadrão Suicida, Aves de Rapina é um respiro de alívio.

Resenha | Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa (2020)

Diversas escolhas inteligentes foram tomadas ao longo do filme, como iniciá-lo com uma animação em 2D para contar a história do relacionamento de Harley e Coringa sem precisar utilizar imagens de Jared Leto, grandemente criticado por sua performance no longa de 2016, além de acrescentar o lúdico ao filme.

Ter Harley como a narradora de sua própria história também é ótimo: a personagem brinca com a quarta parede e, em certos pontos, o filme até lembra Era Uma Vez Um Deadpool (2018), que traz a mistura certa de violência, diversão e ação, com o plus da representatividade feminina.

Trilha Sonora

As músicas do filme são um show a parte. No cover de It’s a Man’s Man’s Man’s World, a estrela Jurnee Smollett-Bell (Canário Negro) arrasa em seus vocais matadores, diga-se de passagem, mas as canções originais são provavelmente um dos pontos mais altos de Aves de Rapina

Veja Também!  Resenha | A Última Coisa que ele Queria (Original Netflix)

Com rappers e vocalistas femininas dominando a playlist, a trilha fica marcada principalmente por Boss B*tch, de Doja Cat, e Diamonds, de Magan Thee Stallion em parceria a Normani, do Fifth Harmony.

Com inspiração na música de Marilyn Monroe, a cena com Harley é extremamente divertida e digna de aplausos, mas o clipe merece muito mais. As principais canções de Birds of Prey: The Album receberam vídeos oficiais com uma incrível direção de arte que insere as cantoras nos mesmos cenários do filme, como se estivessem lá, e o resultado é impecável principalmente em Boss B*tch. Confira:

Para saber mais sobre a trilha sonora de Aves de Rapina, clique aqui.

Cenografia e Figurino

A ambientação de Aves de Rapina é realista, mas nem por isso deixa de brincar com o lúdico e imaginário em cenários como o apartamento de Harley, que reflete sua personalidade feminina e divertida com paredes rosas e uma pequena televisão sempre exibindo desenhos animados, ou com um parque de diversões assombrado que contrasta com demais cenários do filme, mas faz jus a cena.

Em comparação a Esquadrão Suicida, há uma anti-sexualização da personagem principal, dedo de Margot Robbie na produção do filme em parceria com a figurinista Ein Benach, que não demonstrou interesse em aderir aos colantes dos quadrinhos. “É isso que acontece quando temos mulheres em cargos de produção, direção e roteirista”, afirma Benach à Vogue.

Veja Também!  Resenha | Universo Ashley Garcia - 1ª Temporada (Original Netflix)

Entretanto, a própria personagem comenta “valor sentimental” quanto ao figurino de Esquadrão Suicida, com a icônica blusa de “Daddy’s Lil Monster”, hoje suja e em trapos, mas que rendeu muitas vendas em produtos licenciados em 2016. Valor sentimental, inclusive, de Margot Robbie por sua personagem: “Não estava pronta para desistir da Arlequina”, afirma a atriz após o fracasso de Esquadrão Suicida e seu desejo de dar continuidade a sua história, e assim sugeriu Aves de Rapina aos estúdios da Warner.

E ainda bem! Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa (2020) é um grande filme, feito de mulheres para mulheres, mas também capaz de agradar o público masculino com seu roteiro divertido, porém extremamente bem-construído, com boas críticas e ação de qualidade.

Resenha | Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa (2020)

A inserção de Aves de Rapina no cinema foi incrível, e mal podemos esperar para mais desses filmes — embora nada tenha sido sugerido até o momento pela DC.

E você, o que achou de Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa? Conta pra gente nos comentários!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.