A Netflix parece estar firme no mercado dos reality shows australianos hoje em dia. Então, por isso, não deve ser uma surpresa ver a estreia de Back With The Ex na gigante de streaming. Este é o tipo de programa baseado em relacionamentos que parece não ir muito para frente.

A premissa é simples e parece mais um clichê de filme da Sessão da Tarde. Basicamente gira em torno da pergunta: o que você faria se recebesse uma segunda chance em um relacionamento fracassado? Como as coisas podem ser diferentes com o benefício do tempo, espaço e maturidade que você não tinha na primeira vez?

É intrigante porque a maioria de nós já se sentiu assim pelo menos uma vez. Com certeza você já se perguntou se as coisas poderiam ter sido melhores se tivesse navegado os desafios da vida de forma um pouco diferente. Em Back With The Ex, quatro casais descobrem isso – mais ou menos.

Veja Também!  Resenha | Série Se joga, Charlie (Original Netflix)

As circunstâncias dos rompimentos e o desejo de reconciliação são todos ligeiramente diferentes. A maioria dos casais tem a mesma idade e algo em comum, se é possível identificar o que é isso. Há ressentimentos persistentes, choques na expectativa e flagrantes de manipulação feita para a TV, como era de se esperar.

Os encontros em Back With The Ex começam ingenuamente – jantar, bebidas, etc. Em seguida, eles ficam em acomodações cinco estrelas com um spa, champanhe e outros adornos românticos.

Back With The Ex não tem substância alguma

Existe um problema nessa série. A maioria dos relacionamentos termina por um bom motivo. E embora as pessoas sejam capazes de mudar o suficiente para uma segunda tentativa, é um pouco ingênuo esperar – muito menos na televisão, onde as regras da vida normal não se aplicam, que o desejo de reconciliação apareça em 15 minutos.

Veja Também!  Resenha | Nós Temos um Grande Problema (Original Netflix)

Back With The Ex é, como todos os programas de seu tipo. Detritos sem valor que têm pouco ou nada a dizer sobre os seres humanos além de sua capacidade infinita de se comportarem estupidamente – como se precisássemos de mais alguma prova disso.

 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.