Bela Vingança (Promising Young Woman), filme dirigido por Emerald Fennell, foi um dos destaques do Oscar de 2021, vencedor do prêmio de Melhor Roteiro Original. Mas será que vale a pena conferir o longa-metragem?

Enredo

Cassie era uma jovem promissora, mas seu futuro é destruído após um evento que transforma por completo a sua pessoa. Levando uma vida dupla, Cassie trabalha durante o dia e, à noite, veste sua fantasia mais astuta para colocar em prática seu plano de vingança.

Descobrir aos poucos o motivo de sua revolta é uma missão um pouco rasa, já que o filme não demora a revelar os fatos. No entanto, o seu desenvolvimento faz valer a pena. Principalmente com um plot twist ao mesmo tempo surpreendente e realista.

Elenco e Personagens

Perversa e inteligente, Cassie é uma protagonista cativante. No entanto, é perceptível que em certo ponto do filme ela já estava cansada dessa vida que leva e acaba saindo um pouco da personagem, o que pode ser um ponto negativo para a trama (mas nada que não tenha sido recuperado lá na sua reta final.

Os antagonistas, no entanto, são tão carismáticos que chegam a ser cômicos, em especial a performance de Max Greenfield, que parece eternamente preso nos filmes de comédia que fez ao longo de sua carreira, sendo difícil levá-lo a sério em qualquer outro tipo de performance, ainda mais com um personagem superficial e tosco quanto Joe, de Bela Vingança.

Para não dizer que Carey Mulligan carrega o filme nas costas, temos a brilhante Laverne Cox lhe fazendo companhia.

Resenha | Bela Vingança (2020)

Direção e Fotografia

Emerald Fennell foi a primeira mulher britânica indicada ao Oscar de Melhor Direção. Como atriz, não deixou de ter uma participação importante em seu próprio filme, e esse olhar de dentro para fora pode ter ajudado a trama a se desenvolver. Além, claro, do filme ser dirigido por uma mulher, o que faz total diferença quando temos questões como feminicídio e abuso sexual em cena.

A fotografia preza bastante pela centralidade simétrica: nem precisa ter visto o filme para notar isso, basta reparar nas imagens utilizadas nessa publicação para perceber como os centros são bem marcados pelos personagens, colocando-os como os verdadeiros focos da cena.

Resenha | Bela Vingança (2020)

Cenografia e Figurinos

O filme tem uma paleta de cores bastante atrativa, revelando a feminilidade da personagem principal ao longo de sua bela vingança (trocadinho intencional). As cenas mais belas são, talvez, na lanchonete em que trabalha, aproveitando o ambiente refrescante que contrasta com a dramaticidade dos demais cenários do longa-metragem, consequentemente também com iluminações mais fracas, acompanhando o lado sombrio da protagonista.

A maquiagem também é essencial, revelando a dupla personalidade de Cassie através de seu delineado e tons escolhidos: para a vida noturna, a maquiagem é sempre mais exagerada e sedutora que as escolhas naturais para sua rotina, sua verdadeira eu.

E você, o que achou de Bela Vingança? Conta pra gente nos comentários!


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.