É impossível falarmos sobre “Birdman (2014)sem comentar de sua forma: uma ilusão de um único plano sequência, proeza realizada pelo diretor Alejandro Gonzalez Iñarritu em parceria com o, também mexicano e “oscarizado”, diretor de fotografia Emmanuel Lubezki. O plano sequência único está imerso em toda uma proposta de construção fílmica voltada para o espetáculo e uma satisfação visual voltada para um público cinéfilo.

A comédia satírica, que Iñarritu também assina o roteiro, é estrelada por Michel Keaton que interpreta Riggan Thomson, ator que a mais de vinte anos vive a sombra de sua interpretação do super-herói Birdman. Acompanhamos Riggan, que após ter vivido três vezes o homem pássaro, está próximo de sua estreia na Broadway com uma adaptação de Raymond Carver, dirigida e protagonizada pelo próprio ator. Além de Michel, o elenco possui outros nomes de peso com atuações excepcionais como Naomi Watts e Zach Galifianakis, Edward Norton, interpretando o pedante ator do “método”, Emma Stone, sendo a filha problema do pai ausente Rigan.

Desde o inicio da narrativa, já somos apresentados a constantes críticas do cinemão blockbusters, sobre tudo dos filmes de super-heróis. O ano de estreia do filme era 2014, a franquia Marvel já havia se consolidado, os X-Men da Fox estavam no seu sétimo filme e poucos anos atrás Nolan, com a franquia do Batman já havia feito bilhões. O filme traça críticas e, com certo humor, à atual configuração de Hollywood, fazendo piadas com a falta de disponibilidade dos grandes atores por estarem nessas franquias de heróis e até mesmo da transformação de um ator como o Jeremy Renner, astro do filme vencedor do Oscar de melhor filme Guerra ao Terror, em um super herói da franquia vingadores.

Veja Também!  Ficha Técnica | Los Tigres del Norte: Histórias do Cárcere (Original Netflix)

O filme possui um rigor técnico para a construção do plano sequência. Em uma análise precoce, a falta de corte poderia ter um caráter teatral e de uma manutenção da continuidade espaço temporal. Entretanto, em 2002, Alexandre Sokurov, com seu filme Arca Russa , que é de fato um plano sequência, sem recorrer a truques de edição, já demonstrava a possibilidade do tratamento de uma temporalidade não linear.

Iñarritu se dispõe de diversos elementos da linguagem cinematográfica para sua narrativa e, por consequência, possibilita a aparente falta de corte. Como um bom desenvolvimento da Mise-en-scène, o diretor consegue que os personagens possuam pouco deslocamento dentro do cenário e marcantes mudanças de iluminação. Além de se utilizar de espelhos e de uma lente grande angular, para ampliar o campo de visão da câmera. Em diversos momentos temos um foco bem fechado, possivelmente por causa de um diafragma mais aberto para a entrada de mais luz, o não é um problema, porque o foco se alterna de maneira precisa entre os elementos cênicos e personagens.

Além de também recorrer a diversos efeitos visuais em cenas mais líricas e momentos de passagem temporal. Todos esses elementos são pontuados com um trilha de jazz bem acertada que brinca com transições de momentos em que é extradiegética e que torna-se diegética. Dessa maneira, o filme consegue discutir cinema ambientado em um universo teatral, com a ausência de corte, de maneira totalmente cinematografia pelo uso da linguagem.

A obra cinematográfica logrou diversos prêmios, inclusive os Oscars de melhor filme, direção, roteiro original e fotografia. Todos os prêmios fazem jus a exatidão técnica. Entretanto, mais do que o filme é capaz de provocar no espectador como obra, o sucesso de Birdman está ligado para quem o filme é voltado e concebido. Isto vem desde a escolha de Keaton e o nome do filme, referência ao seu passado como Batman.

Porque todo o desenvolvimento técnico, as referência sobre o universo do cinema como o exagero do ator do método Stanislavski, corroboram para uma obra voltada para um público cinéfilo que está a par da conjuntura da indústria cinematográfica hollywoodiana e aprecie seu formalismo estilístico. Isso faz com que o filme trace uma divisão quase maniqueísta entre o público do cinema.

Já assistiu ao filme? O que achou? Deixe seu comentário

 
Veja Também!  Ficha Técnica | O Rei das Armas (2010)


Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.