BLACKPINK: Light Up The Sky é o mais novo documentário Original Netflix. Lançado em 14 de outubro de 2020, o filme de 1h19 de duração mostra os bastidores por trás da ascensão do popular grupo musical que saiu da Coreia do Sul para dominar o mundo.

Confira o trailer logo abaixo:

Quem é o BLACKPINK?

O BLACKPINK é o maior grupo feminino de K-POP da atualidade. Administrado pela YG Entertainment, uma das empresas precursoras da música pop idol coreana, o quarteto é formado por Jisoo, Jennie, Rosé e Lisa.

Em atividade desde o ano de 2016, as garotas estão em uma constante ascensão no cenário musical mundial, quebrando recordes em plataformas de streaming, lançando parcerias com grandes nomes da música de todo o mundo e revolucionando tudo o que era até então conhecido por K-POP.

Temática e Tom

Tendo em mente toda a atual popularidade do BLACKPINK, o filme busca uma análise completa da vida e obra das garotas para entender e mostrar ao mundo o que esse quarteto tem de tão revolucionário para ser considerado um dos maiores nomes da música mundial em 2020.

Formado por garotas jovens, ainda no início de seus 20 anos mas que trabalham desde a infância pela realização de seus sonhos, o tom do longa é bastante sentimental e promete provocar muitas lágrimas nos BLINKs, como são chamados os fãs do grupo. A cada cena de choro, de superação ou de alegria, o coração de fã se emociona junto ao ver como todo o esforço das garotas está sendo reconhecido e recompensado.

Veja Também!  Resenha | The Alienist – 2ª Temporada (Original Netflix)

Direção e Metodologia

O projeto é dirigido por Caroline Suh, e trazer o olhar de alguém com sangue coreano para a direção do longa foi essencial para não se deixar cair por orientalismos, como muito acontece em reportagens televisivas ao redor do mundo que tentam abordar o K-POP e seus artísticas como algo exótico.

A montagem do filme acontece por meio de entrevistas exclusivas com as quatro integrantes e gravações inéditas de seus mais importantes shows, incluindo a turnê mundial de 2019 e a passagem pelo Coachella. Para trazer um tom ainda mais íntimo, vídeos e fotografias da infância das garotas são trazidas a público, deixando os fãs ainda mais encantados com a fofura das meninas neste arquivo pessoal.

Resenha | BLACKPINK: Light Up The Sky

Um dos grandes pontos positivos é que o filme não invade a privacidade das garotas. Embora elas sejam acompanhadas em alguns momentos íntimos, como aulas de pilates e passeios ao ar livre, tudo é feito com autorização prévia e plena ciência da câmera, em vez de trazer “furos” irresponsáveis ao estilo paparazzi. É um trabalho muito profissional.

Veja Também!  Resenha | A Caminho da Lua (Original Netflix)

Embora o filme seja focado no BLACKPINK e em sua ascensão à fama, não deixa de mostrar um pouco dos bastidores do K-POP, cenário no qual estão inegavelmente inseridas. Grupos como BTS, Girls’ Generation, 2NE1 e Super Junior marcam pequenas aparições que são mais como flashs, de tão rápidas, mas ainda essenciais para entender a profundidade e complexidade da obra. Nem mesmo os primeiros artistas do gênero, como Seo Taiji & Boys e H.O.T são deixados de lado.

Fotografia e Cenografia

E engana-se quem pensa que documentários precisam ser sérios e simples. BLACKPINK: Light Up The Sky usa de excelentes táticas de fotografia e cenografia ao, por exemplo colocar algumas entrevistas mais pessoais em ambientes estratégicos para construir o tom desejado para a cena, seja ele mais pessoal, mais espontâneo ou mesmo na hora de ser mais sério.

Veja Também!  Onde Assistir | Série O Gambito da Rainha online

A fotografia também brinca com isso, utilizando um contraste entre planos abertos e closes para captar melhor a as expressões corporais e faciais das integrantes enquanto elas se abrem de forma tão íntima em frente às câmeras da Netflix. Até a iluminação é bem-pensada para destacar o humor das entrevistas e das membros.

Resenha | BLACKPINK: Light Up The Sky (Original Netflix)

Se você um BLINK, com certeza vai querer assistir a esse documentário para saber mais sobre as garotas e vê-las se emocionando tão verdadeiramente. Entretanto, aqueles que não conhecem o grupo e não sabem nada sobre K-POP também são muito bem-vindos nessa narrativa extremamente bem estruturada para conhecer não só o BLACKPINK, mas os bastidores da música coreana e de sua ascensão ao cenário mundial.

Curtiu BLACKPINK: Light Up The Sky? Conta pra gente nos comentários a sua opinião!

 

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.