Levada pelo enorme sucesso que a série espanhola La Casa de Papel trouxe, a Netflix tem apostado em várias produções de outros países, além das habituais americanas. A Espanha, inclusive, tem sido representada, com filmes como Um Contratempo e a série Elite. Agora, a plataforma aposta no filme Boi.

Dirigido por Jorge M. Fontana e protagonizado por Bernat Quintana, Boi, um filme de drama e suspense, estreou em 26 de julho de 2019 na Netflix e tem classificação indicativa de 16 anos.

Sobre o Filme

Boi (lê-se Boy) é um motorista e aspirante a escritor. Mora em Barcelona com sua tia, que tem transtornos mentais, sua cachorrinha Matilda e sua namorada Anna, que sumiu após descobrir que está grávida.

Em seu primeiro dia como motorista de carro, ele chega atrasado para buscar dois empresários chineses. Os dois homens, Michael e Gordon, são extremamente misteriosos e escondem segredos. O primeiro, é bastante excêntrico e sem noção e o segundo é de certa forma rabugento.

Durante as corridas feitas pelo motorista com seus clientes, ele recebe uma carta dizendo que seu romance foi rejeitado por uma editora, demonstra saudades da sua namorada e descobre que seus clientes estão envolvidos com algo bastante perigoso.

Veja Também!  Onde Assistir | Reality Show Restauradores de Rust Valley online

No fim, após diversos acontecimentos complexos, sua querida cachorrinha morre e Anna volta para sua vida. Quanto aos clientes chineses, eles vão embora e uma nova cliente surge na vida de Boi.

Entendendo a Temática

Se podemos definir este filme em uma palavra, eu diria, sem dúvidas, estranho. Durante as quase duas horas de produção, a frase “Não estou entendendo nada!” surgiu diversas vezes na minha cabeça. Talvez a intenção do diretor fosse causar confusão, se for isso, ele cumpriu bem sua missão, porém, não conseguiu desfazer esse sentimento ao final do filme.

O nome do protagonista causa estranheza desde o início, o que leva os personagens a fazerem piadas com a palavra do inglês ‘boy’. Quanto ao suspense do filme, o primeiro indício com mais força que mostre isso, veio aos 57 minutos, quando o protagonista e seus bizarros passageiros seguem um carro, onde está um tal de Simon, que não descobri quem é e nem qual o seu papel nesta produção.

Veja Também!  Onde Assistir | Documentário El Pepe, uma vida suprema online

Falando em papel na produção, também não ficou claro quem realmente eram Michael e Gordon, nem o que faziam e o motivo do que faziam. A única coisa clara é o fato que eles estavam envolvidos em algo perigoso. Ao final, quando chegou os últimos minutos e acreditei que finalmente iria entender tudo o que aconteceu, apenas me decepcionei.

Sobre o Elenco

No papel principal, Bernat Quintana (Jo, el desconegut) interpreta um personagem de certa forma simpático, mas sua atuação não é suficiente para conquistar o público. Porém, ele tem bons momentos de interação com o ator que interpreta Michael, Andrew Lua (Unlucky Plaza).

Andrew traz em cena um homem bastante excêntrico e muito sem noção, porém com um carisma que de certa forma, chama a atenção. Interpretando Gordon, Adrian Pang (Isca) dá vida a um personagem chato, mas com bons conselhos, tendo boa atuação.

Veja Também!  Onde Assistir | Anime HERO MASK online

Também participaram do filme: Miranda Gas (Veronica), Man MourentanFina Rius (Anatema), Macarena Gómez (La que se Avecina), Jean Claude Ricquebourg (A Promessa) e Rachel Lascar (O Franco-Atirador).

Cenografia, Fotografia e Figurino

O filme, que é escrito e dirigido por Jorge M. Fontana, mostra cenários de Barcelona. Um detalhe interessante que envolve a cenografia, é o T-Hotel, um hotel vermelho em formato de perna, que gera curiosidade nos personagens.

Quanto a fotografia, o maior problema são os momentos noturnos, em que enxergar o que está acontecendo é difícil e as vezes impossível. Nos momentos diurnos, a imagem é fria. Quanto ao figurino, perante o cargo exercido pelo protagonista e o fato de seus clientes trabalharem como empresários, a predominância é de roupa social, com terno e gravata.

Já assistiu Boi? Conta pra gente o que achou!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

20 COMENTÁRIOS

  1. Sinto que lamentavelmente perdi quase 2 horas da minha vida num filme estranho, chato, confuso e completamente sem sentido… no mau sentido mesmo, não aquele tipo que te deixa intrigado mas do tipo que vc diz: “Sério mesmo? É isso? Acabou? Será que vai ter desfecho depois dos créditos?”, porém infelizmente nada acontece e as explicações não existem. Sério, frustrante, uma total perda de tempo.

  2. Será que as cenas mais “alucinantes” seria apenas a imaginação do motorista? Como se estivesse imaginando o que escrever no próximo livro? Sei lá, se for isso, meu Deus, o livro vai ser ruim. Kkkk

    • Oi Matheus. Que bom ver que alguém gostou do filme. Acredito que esses referenciais que você citou ajudaram muito nesta conclusão. Isto mostra que uma mesma produção pode ter diversos pontos de vista né? Fico feliz que sua experiência tenha sido boa.

  3. Nao entendí pq o protagonista alucinava tanto. Depois de tudo, sem nenhuma explicação, não consegui saber nem quem era o Simon, que pagou o pato foi a pobre cachorra que explodiu!!
    Até o final tive a esperança de vê-la caminhando pelas ruas…. já que nesse filme tudo era possível.
    Não gostei, lento, adiantei varias partes.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.