Breaking Bad sobreviveu a muita coisa, podemos dizer. Com a 5ª temporada dá para acreditar que essa série é basicamente imortal. Depois de tantas voltas e reviravoltas, os episódios não se tornaram maçantes e você ainda consegue ficar empolgado. Quer coisa melhor?

Esse tipo de plotagem de causa-e-momento, momento-a-momento, é central para o DNA dessa série tão aclamada. Dá para acreditar que talvez seja isso mesmo que a mantém viva.

A 5ª temporada parece menos com um drama televisivo e mais como uma aterrorizante reação em cadeia. Do instante em que Walter White pisou em Winnebago, cada coisa que aconteceu – cada pedra cozida, cada avião caiu, cada café da manhã comido pelo insaciável Walt Jr. – foi diretamente conectada à primeira escolha fatídica, um universo inteiro apanhado na suposta moralidade que Walter costumava ter.

Veja Também!  Resenha | Homem-Aranha: No Aranhaverso

Não há fios soltos. Tudo se conectou de tal maneira nos episódios que absolutamente nada foi deixado para trás. As apostas aumentaram à medida que o laço no pescoço do público ficou mais e mais apertado.

Uma coisa que podemos perceber é que a insistência de Walt em higiene pessoal e etiqueta, acabou tornando-se patológica. Seria uma tentativa de manter uma aparência de respeitabilidade em um empreendimento cada vez mais desequilibrado e imprudente? Talvez…

Breaking Bad reforçou, na 5ª temporada, o status de uma das melhores séries já vistas

Essa temporada mostrou que o cientista mortal e calculista que Walter desejava ser não poderia existir por completo. Suas intenções foram novamente desfeitas por suas falhas muito humanas. Com o tempo, sua vaidade provou ser mais tóxica do que o câncer que deu início à sua vida dupla.

Veja Também!  Perry Mason | Série de Robert Downey Jr. encontra seu protagonista

O que separa Breaking Bad de tudo o mais que já se viu na TV é esse foco implacável. Cada temporada melhorou, e a série provou por a + b que é uma das melhores dos últimos tempos. Breaking Bad é mais que ciência. É um design inteligente que faz os telespectadores questionarem sua própria inteligência.

 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.