Cidade Invisível é uma série brasileira da Netflix que chegou à plataforma essa semana. A série conta com uma temporada de sete episódios com uma média de duração entre 30 a 40 minutos cada.

Enredo de Cidade Invisível

E se todas as lendas do folclore brasileiro fossem verdadeiras? E se essas entidades vivessem entre nós? Cidade Invisível fala sobre isso, sobre essa cultura rica que temos no Brasil e, em uma realidade fantasiosa (ou quem sabe, não), ela sendo verdadeira em suas lendas contadas de pai para filho desde a época colonial.

Na história, Marco Pigossi é Eric, um policial ambiental cuja esposa, que trabalha com uma comunidade ribeirinha, é morta em um incêndio na floresta. Agora um pai solteiro, ele passa a investigar incansavelmente a causa da morte de sua mulher. O problema é que, enquanto investiga, ele passa a descobrir coisas estranhas, como o fato de que um boto rosa apareceu na orla carioca e horas depois virou um homem.

A série é bem envolvente. E, por mais que as produções nacionais sejam bem mal faladas, ela conseguiu trazer uma qualidade bem parecida do que vemos no estrangeiro. Portanto, vale muito a pena dar uma chance. Além disso, vale citar que houve um cuidado e respeito muito legal em tratar das lendas e suas entidades. 5 pontos para esse tópico, sem dúvidas.

Elenco e personagens

O início de cada episódios apresenta uma das lendas, principalmente a lenda que será mais explorada no episódio em questão. Isso nos ajuda a imergir mais na história e a nos envolver com as descobertas de Eric. E o Saci sem dúvidas é um dos personagens mais carismáticos e que conquista mais o público.

Para elenco das entidades e com Pigossi não há nenhuma reclamação. Todos tiveram performances muito boas, mas a atriz mirim que faz a filha de Eric e que tem uma parcela bem grande da atenção para si não convenceu muito. Sua atuação foi caricata e prejudicou um pouco a imersão no drama e suspense da série.

Direção e fotografia de Cidade Invisível

A direção trouxe um trabalho muito bom principalmente com os efeitos especiais e a direção de elenco. Além disso, cenas como as de Iara hipnotizando os personagens ou os pequenos epílogos que contam a história das entidades no início, tudo funcionou muito bem para criar o clima mais fantasioso da série.

A fotografia segue uma linha bem parecida com as séries de crimes que envolvem fantasia: escura, mas com bastante contraste e vibração das cores um pouco alta. Isso mantém o clima de suspense, mas também dá a ideia de fantasia.

Cenografia e figurinos

Por fim, a cenografia é a Zona Oeste do Rio de Janeiro e uma vila ribeirinha que fica mais adentro da mata. Já os figurinos são adaptações modernas das roupas clássicas dos personagens. Saci usa regata e uma calça tactel com seu gorro amarrado na cabeça por exemplo. É uma boa opção para “camuflar” os personagens.

E então, o que achou de Cidade Invisível? Conta pra gente nos comentários! E, caso você tenha gostado, pode conferir algumas curiosidades aqui.

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.