A Netflix investiu mais uma vez em um longa de ação e suspense. O filme Close já chamou atenção desde o início por apresentar uma mulher e armas violentas. A escolhida foi Noomi Rapace (Onde está Segunda?), que interpreta Sam, uma guarda-costas especialista em técnicas antiterroristas quieta, profissional e durona.

A primeira cena mostra Sam em ação assumindo o controle de uma situação difícil com terroristas. De cara notamos que trata-se de uma mulher muito experiente e forte, que sabe o que está fazendo.

Logo em seguida, somos levados para dentro de uma mansão. Lá conhecemos Zoe (Sophie Nélisse de A Menina Que Roubava Livros), uma adolescente que acabou de perder o pai e herdar todas as ações da empresa milionária da família.

Veja Também!  Resenha | Dirty John - O Golpe do Amor (Original Netflix)

Temendo as constantes ameaças à Zoe após herdar a fortuna, sua madrasta sente a necessidade de colocar um guarda-costas para cuidar da jovem. A escolhida acaba sendo Sam, que é a melhor da categoria. O longa tem seu primeiro ponto de virada quando Sam e Zoe são sequestradas e algo muito estranho começa a se desenrolar.

O longa foca mais em suas cenas de ação, responsáveis por dar um ritmo mais acentuado à trama. Além disso, o estilo de luta escolhido é um mais antigo e brutal, onde qualquer objeto pontudo serve para tirar a vida do inimigo.

Embora apresente objetos tecnológicos como computadores, tablets e celulares recentes, o filme adota um tom mais antigo, algo próximo dos anos 90. As cores, a cenografia, tudo contribui para o ar mais nostálgico do longa.

Veja Também!  Corujão III | TV Globo exibe o filme 'Nossa União, Muita Confusão' - (16/02)

Algo interessante para destacar é a jornada que as duas personagens principais percorrem durante o enredo. Sam passa por diversos estágios emocionais para nos revelar mais sobre sua vida e personalidade. Aos poucos descobrimos coisas que aconteceram para a fazerem ser quem é no momento da trama.

Zoe também sofre transformações emocionais e de caráter. A adolescente mimada que conhecemos no início do filme não é a mesma que chega ao final do enredo. Os acontecimentos a mudam e muito.

O filme consegue prender a atenção do espectador com suas cenas de suspense que trazem as cenas de ação, que agitam o longa. No geral, não é o melhor filme de ação, mas é bem dirigido e a história é interessante, só parece um pouco incompleta. Quando chegamos ao final, não ficamos totalmente esclarecido.

Ficha Técnica | Close (Original Netflix)

Gostou do filme? Deixe seu comentário!

Veja Também!  Resenha | Até que a Gente te Separe (Original Netflix)
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.