O filme é narrado pelo protagonista (Edward Norton), que não nos apresenta o seu nome na trama. Ele é um simples trabalhador em uma companhia de automóveis, tem insônia e para tentar livrar-se dessa vida infeliz, frequenta grupos de apoio para conhecer pessoas ainda mais depressivas, como forma de não se sentir tão mal.

Nesses grupos de apoio, pessoas doentes e em fase terminal se reuniam. Por isso, nosso protagonista se fingia de doente para poder participar. De alguma forma, ele se sentia bem em se sentir mal junto com os outros.

Em um desses encontros, ele conhece uma mulher chamada Marla Singer (Helena Bonham Carter), que mexe com ele de uma maneira negativa. Marla, por sua vez, também estava se passando por doente para permanecer no grupo. Essa relação de um saber o segredo do outro, faz com que os dois decidam se afastar.

Veja Também!  Resenha | O Código Bill Gates (Original Netflix)

Após uma viagem de negócios, nosso protagonista misterioso conhece,no vôo, um homem chamado Tyler Durden (Brad Pitt), um vendedor de sabão com quem ele acaba se dando bem e pegando o seu contato. Algumas horas depois, ao chegar em casa, ele se depara com o seu apartamento completamente destruído, vítima de uma explosão, que até então tinha sua causa desconhecida.

Sem saber o que fazer ou para onde ir, ele decide ligar para Tyler, que aceita ajudá-lo em troca de um soco, com a máxima força que ele poderia ter. Nosso personagem sem nome, mesmo sem entender o propósito daquele pedido tão diferente, aceita a proposta e acerta Tyler com um soco. Juntos, os dois criam o Clube da Luta, resultado da ótima experiência que obtiveram ao libertar toda aquela fúria que a vida rotineira lhe causara, principalmente ao nosso protagonista.

Veja Também!  Resenha | Between Two Ferns: O Filme (Original Netflix)

O longa, lançado em 1999, não teve um reconhecimento imediato. Arrecadou pouca bilheteria nos cinemas e teve opiniões divergentes em seu lançamento, muitas delas depreciativas em relação à violência e às mensagens contidas na obra. Foi apenas com o DVD, que a versão audiovisual de Clube da Luta se tornou um sucesso comercial e de crítica.

Dirigido por David Fincher, a obra baseada no livro de Chuck Palahniuk, foi indicada ao Oscar de melhores efeitos sonoros, embora tenha perdido para Matrix.

Clube da Luta traz parar o espectador, uma mensagem forte e extraordinária. Fazendo com que as pessoas se autocritiquem, levando em consideração as conclusões e reflexões impostas pelo filme.

Por fim, a mensagem que o filme deseja passar é que só seremos livres de verdade, após perdermos tudo. Pois então não teremos o que perder, e enfim, nos encontraremos livres.

Veja Também!  5 filmes que se passam na natureza

Confira o trailer:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=Fs0-4NLSO2Y]

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.