Quem nunca matou aula? Ou simplesmente fez algo sem pensar nas consequências? Fato é: às vezes, sentimos vontade de fugir de todas as responsabilidades e fazer apenas o que desejamos. Curtindo a vida adoidado mostra que devemos aproveitar cada momento que temos, assim como diz o personagem principal, Ferris Bueller (Matthew Broderick): “A vida passa rápido demais e, se você não parar, de vez em quando, para vivê-la, acaba perdendo seu tempo”. 

Curtindo a vida adoidado nos conta a história de Ferris, um adolescente que, ao acordar, decide que não irá à escola e aproveitará o dia da forma que desejar. Então, ele engana os pais para matar aula e, ao lado do melhor amigo Cameron Frye (Alan Ruck) e da namorada Sloane Peterson (Mia Sara), sai pela cidade em busca de diversão e aventura, com a intenção de aproveitar o dia da melhor forma possível. Enquanto isso, o diretor da escola, Edward Rooney (Jeffrey Jones) começa uma busca incansável pelo garoto. 

O filme possui uma narrativa agradável e bem objetiva. Isso não permite que os personagens sejam aprofundados e foca apenas na aventura de Ferris e na perseguição do diretor. Se não fosse assim, poderia tirar toda a leveza e simplicidade que o filme tem. E é isso que o torna tão bom. A tensão contínua de saber se o protagonista será pego ou não é muito bem conduzida e cortada, pelo humor, nos momentos certos. O tom cômico do longa é uma atração à parte: é tudo muito, muito exagerado. Isso poderia ter dado errado, já que, algumas vezes, o exagero do filme soa falso e nada realista, mas não: funciona e muito bem. Esse exagero nos faz rir o tempo todo. 

Veja Também!  Onde Assistir | Documentário Between Two Ferns: O Filme online

A direção de John Hughes (Esqueceram de mim, Clube dos Cinco), que também assina o roteiro e a produção, é muito boa. A liberdade criativa que ele dá aos atores é necessária e muito bem aproveitada por eles. A quebra da quarta parede, por parte de Ferris, é um recurso genial, que aproxima muito o protagonista do espectador. Ele é muito bem utilizado, nos momentos certos, não se torna algo cansativo. As cenas nas salas de aula merecem destaque. O diretor conseguiu captar as expressões dos alunos com muita competência, é possível notar o quão cansados estão daquelas aulas monótonas. E a expressão dos professores também mostra que não estão felizes ali, que não sentem prazer ao ensinar.

Veja Também!  Resenha | Gantz: O (2016)

As atuações seguram o filme. Matthew Broderick está simplesmente sensacional como Ferris. Seu carisma é tão grande, que é praticamente impossível não torcer por ele. Alan Ruck, como Cameron, não pode passar sem ser notado, pois tem uma atuação memorável. Sempre do contra, consegue arrancar muitas risadas do público. Jennifer Grey, como a irmã do protagonista, também se destaca. Sua implicância com Ferris é simplesmente hilária! Jeffrey Jones dá um show de interpretação e nos mostra várias nuances de um personagem que só tem como objetivo desmascarar e prejudicar o protagonista. O roteiro não é grandioso e nem precisa: a direção e as atuações são suficientes para engrandecer o filme.

Em relação à fotografia, se destaca o colorido da obra. Esta é cheia de cores, quase o tempo inteiro, seja nos figurinos, seja nos cenários. E a luz é presente a todo momento. Isso diz muito sobre a personalidade alegre e descontraída do protagonista e sobre a mensagem do filme, de que devemos aproveitar a vida. A cena em que o personagem principal canta é muito bem feita e merece destaque. Há uma explosão de cores muito bonita. O figurino não chama a atenção, mas realça muito bem o cenário, na maior parte do filme. Não pude deixar de reparar que a roupa de Ferris se parece muito com a das mulheres que estão dançando e cantando com ele, em uma das cenas finais. Talvez tenha sido proposital. 

Curtindo a vida adoidado marcou e ficou eternizado como um clássico. É um filme simples, mas que, com todos os seus detalhes, consegue ser grande. Merece ser assistido mais de uma vez, principalmente para nos lembrarmos de como é importante aproveitar cada momento, enquanto podemos.

Veja Também!  Cinema | Estreias da Semana (19/09)

E você? Já assistiu? Conte pra gente o que achou!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.