A promessa do trailer é clara, uma série cheia de referências e com temáticas totalmente clichês todas reunidas em um só roteiro. Daybreak conta a história de um apocalipse “zumbi”. Só que a questão aqui é que apenas os maiores de 18 anos foram afetados pela arma biológica, então, todos os sobreviventes são adolescentes. Jovens sem instrução nenhuma e sem figuras de autoridade.

Daí, temos mais um clichê, o de que como os jovens se comportam em tribos. Os famosos grupos dos ensinos médios mostrados em filmes como Meninas Malvadas são agora grupos que lutam entre si pelo poder. E, no meio disso, temos Josh Wheeler (Colin Ford), um aluno novato e canadense que tinha acabado de mudar-se para Glendale.

O roteiro do filme foi bem feito, apesar da pouca originalidade

O garoto não se preocupa muito com as gangues, prefere ficar sozinho, a única coisa que deseja é encontrar sua namorada, Sam Dean (Sophie Simnett). A trama toda é movida por isso no começo, mas, quando Josh passa a juntar-se com outros jovens sem tribos, os planos mudam um pouco.

Veja Também!  Onde Assistir | Série New Girl Online

E o roteiro, que passou na mão de 8 pessoas ao total, foi muito inteligente em fazer isso. O foco, por mais que fosse encontrar Sam, passou para outras temáticas. Inclusive, o protagonismo também mudou ao longo dos episódios, passando o bastão de Josh para outros personagens como a inteligente, mas piromaníaca, Angelica (Alyvia Alyn Lind).

DAYBREAK

E as referências ocorrem desde o primeiro momento com a quebra da quarta parede no melhor estilo de Ferris Bueller (Curtindo a Vida Adoidado), cujo ator, inclusive, faz o diretor da escola de Josh. Também temos referências a Supernatural (olá, Sam Dean), Mad Max, Zumbilândia, Stranger Things, Star Wars, Scott Pilgrim, Breaking Bad, The Walking Dead, e muitas outras que não dá nem para citar aqui.

A forma como o roteiro e a direção de Brad Peyton e Aron Eli Coleite inseriu cada uma delas junto às sátiras dos clichês foi incrível. Isso mesmo levando em conta que as falas e a temática não sejam exatamente tão original assim. Mas, ainda sim, é uma forma bem diferente de trazer cada uma delas.

A estética de Daybreak é o que mais conversa com as referências que a série traz

O figurino é o primeiro que precisa ser enaltecido. A série transformou as roupas específicas de cada tribo em roupas de guerra. Os atletas mudaram seus uniformes de futebol para roupas parecidas com as de Mad Max, as líderes de torcida passaram para algo que lembrava Roma antiga e as Amazonas, e por aí vai. Todos eles muito bem feitos e muito bem adaptados para o novo momento em que os meninos se encontravam.

Veja Também!  Resenha | A Lenda de Tarzan (2016)

Em seguida, temos os cenários, indo desde as cidades cheias de prédios de Glendale, até os campos abertos e desérticos típicos de parte da Califórnia. Por fim, a fotografia traz uma boa captação das cenas, com enquadramentos certos e uma película bem amarelada.

O elenco de Daybreak foi muito bem escolhido

Os destaques, sem dúvidas, foram Colin Ford, com seu Josh completamente imerso na ideia de que é o herói de sua namorada. Austin Crute, com seu Wesley Fists cheio de segredos e códigos de conduta que não deveriam ser quebrados. Então, temos a nada adorável Angelica, em que Alyvia Alyn Lind conseguiu de forma muito concreta construir todo os sentimentos da garota e demonstrar toda a sua evolução.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Friends online

Krysta Rodriguez também foi outro destaque com sua Sra. Crumble, a professora trouxe a figura materna que o grupo precisava, mesmo que de uma forma caótica. E, por fim, temos Eli Cardashyan (Gregory Kasyan). O ator trouxe para o personagem romeno exatamente o alívio cômico que precisávamos por mais que a série já seja toda muito engraçada.

Enfim, a original Netflix traz como um todo traz uma proposta bem legal dentro de moldes já existentes. E sim, vale a pena ter Daybreak em sua lista e separar um momento para maratoná-la.

 

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.