Sete anos após estrear nos cinemas com Homem de Ferro (2008), a Marvel Studios anuncia sua primeira produção, em parceria com a Netflix, voltada para o público mais velho: Demolidor. A primeira temporada, lançada em 2015, foi um sucesso absoluto e pode ser tranquilamente colocada ao lado dos melhores filmes da Marvel, como Pantera Negra (2018) e o já citado Homem de Ferro.

O personagem de Matt Murdock (Charlie Cox) é um vigilante cego, que perdeu sua visão logo na infância, e que foi treinado por Stick (Scott Glenn) para se tornar um mestre das artes marciais. É perceptível para os fãs dos quadrinhos que os produtores da série queriam capturar o espírito do material original o máximo que conseguissem. Isso fica evidente não só através de cenas memoráveis das revistas, mas também através belíssimo trabalho de elenco e de design de produção.

É possível perceber, portanto, que Demolidor trata-se também de uma obra tecnicamente acima da média, principalmente no que se diz respeito à filmes de super-heróis. A primeira temporada conta com um trabalho de fotografia memorável. O apartamento de Matt possui uma ambientação muito bem definida, sendo iluminada por uma placa luminosa ao lado da janela, que torna o local sombrio e que ao mesmo tempo não nos deixa esquecer da presença do bairro de Hell’s Kitchen. Outra cena que rapidamente vem à memória é o plano sequência longo de luta em um corredor, claramente inspirado em Old Boy (2003), que tira o fôlego do espectador. O trabalho de coreografia alinhado ao belo trabalho de câmera torna a cena um dos marcos da história da Marvel. É aliviante assistir cenas de ação que não dependem de uma montagem esquizofrênica que tenta esconder os impactos e confundir a audiência. Certamente a classificação indicativa ajudou muito nessas escolhas.

Veja Também!  Ficha Técnica | Criminal - Alemanha - 1ª Temporada (Original Netflix)

As interpretações são muito boas, assim como o trabalho de roteiro em cima de cada personagem, com excessão talvez de Foggy (Elden Henson), que tem uma introdução que deixa a desejar no quesito atuação, mas que logo encontra seu lugar. Deborah Ann Woll se destaca entre os “mocinhos” com sua personagem Karen Page, que alterna entre carisma e seriedade de maneira muito competente. Quem rouba a cena, no entanto é Vincent D’Onofrio com sua representação de Wilson Fisk, o Rei do Crime. É seguro dizer que muitas vezes parece que o ator nasceu para o papel. Fisk é um personagem extremamente complexo, e certamente um dos melhores vilões do universo Marvel. Suas motivações são genuínas (apesar de resultarem em atitudes controversas), sua personalidade possui várias camadas, ele possui fragilidades e, acima de tudo, se mostra humano. Não é fácil conseguir cativar a audiência ao se fazer papel de vilão, geralmente o que sobra é um personagem unilateral e impossível de produzir empatia. E Vincent consegue entregar todo esse peso dramático de maneira impecável. Ficamos aguardando a cada episódio a aparição do antagonista.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Criminal - França online

Outro destaque da série é a bela construção do bairro Hell’s Kitchen. A cidade é um personagem, ela tem vida, história, e somos introduzidos aos seus principais aspectos de maneira natural, seja através das motivações de Fisk ou da infância de Matt. Todo o trabalho técnico ajuda muito na construção dos cenários, seja o porto, o apartamento de Murdock, o tribunal, os restaurantes. Terminamos a primeira temporada nos sentindo familiarizados ao local, quase como habitantes antigos dali, ansiosos para ver o Demolidor correndo por cima dos prédios novamente. Hell’s Kitchen possui uma beleza soturna e atmosfera carregada, porém é cheia de movimentos, sons e vivacidade. Muito mais memorável, por exemplo, que a Manhattan esquecível de Vingadores.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Criminal – Alemanha online

Demolidor foi a porta de entrada das séries da Marvel na Netflix, e estabeleceu um padrão que nenhuma de suas “irmãs” conseguiu alcançar. Infelizmente as produções seguintes parecem ficar piores a cada nova temporada, mas isso é assunto para outras resenhas. Porém, é confortante pensar que sempre teremos a primeira temporada de Demolidor disponível, para que possamos retornar a Hell’s Kitchen e respirar seu ar mais algumas vezes.

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

2 COMENTÁRIOS

  1. Ótima resenha! Quanto ao ator Elden Henson, não vejo a atuação como ruim. Mas sim, o personagem pede esse tipo de crescimento. De uma pessoa boba e insegura, para um brilhante advogado! Sem contar que o ator na época das filmagens, teve muitos problemas pessoas. Acredito até que erraram feio em tirar tão precocemente o personagem Ben Urich.

    • Muito obrigado pelo comentário! Concordo com você quanto ao crescimento, mas acho ele um ator abaixo do nível dos outros, mas ainda assim divertido! Não sabia dos problemas pessoais do ator, uma pena. O personagem do Ben foi realmente pouco explorado, e o ator apresentou uma das melhores atuações da temporada.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.