Dolly Kitty e as estrelas é um drama indiano, dirigido por Alankrita Shrivastava e protagonizado por Konkona Sen Sharma e Bhumi Pednekar. Estreou na Netflix no dia 18 de setembro e tem classificação de 16 anos. 

Enredo

Em Deli, as primas Kitty e Dolly encaram diferentes jornadas em busca de liberdade e felicidade. Elas precisam enfrentar diversos desafios para conseguir sobreviver em uma sociedade machista e cheia de inúmeros preconceitos.

O roteiro não inova e abusa de alguns clichês. Ainda assim, conseguiram construir uma trama bem interessante e envolvente. Os personagens são bem construídos, principalmente as protagonistas. A trama do filho de Dolly, que está se descobrindo uma menina, é muito interessante e emocionante. É um tema delicado e de uma importância enorme, e o roteiro conseguiu tratá-lo como tal, com muita sensibilidade. O feminismo e a intolerância também são muito abordados e o longa entrega uma bela lição de sororidade. A narrativa é bastante fluida e, mesmo que o filme seja um pouco longo (2 horas), ele não se torna lento nem cansativo. O longa consegue manter o espectador interessado o tempo inteiro. 

Veja Também!  Resenha | Alguém tem que morrer (Original Netflix)

Elenco e Personagens

Os atores, no geral, trabalham bem e conseguem convencer. Os personagens são bem trabalhados e muito interessantes.

Dolly (Konkona Sen Sharma) é uma mulher ambiciosa e não mede esforços para conseguir o que quer. Está infeliz no casamento e pensa ser a culpada. O fato do filho ser trans é um choque para ela, que vai precisar passar por cima de muita coisa para entender e aceitar. Sen Sharma tem um ótima atuação. Ela convence e emociona com facilidade. Seu carisma também se destaca. Dolly é uma personagem que tem tudo para não agradar, mas a atriz consegue conquistar o público. É uma atuação simples e muito bonita. 

Kitty (Bhumi Pednekar) vive com a prima e a família, até conseguir encontrar outro lugar. É uma mulher ingênua e tão ambiciosa quanto Dolly. Ao contrário desta, Kitty tem uma mente muito mais aberta. Pednekar faz um bom trabalho e tem uma atuação convincente. As duas atrizes têm química e um ótimo entrosamento em cena. 

Direção e Fotografia

A direção faz um bom trabalho, no geral, principalmente com o elenco, todos estão muito bem dirigidos. A fotografia é bem colorida, sempre em tons muito quentes. Em alguns momentos, algumas cores prevalecem, como o rosa e o vermelho. Estas últimas realçam a atmosfera romântica do filme. Mas, muitas vezes, tentam forçar esse clima de romance, e nem sempre funciona bem. A câmera treme, em alguns poucos momentos, o que incomoda um pouco. As poucas cenas de ação são bem dirigidas, principalmente a última: esta é realmente emocionante e, de certa forma, revoltante.

Cenografia e Figurinos

Grande parte das cenas acontecem nas casas e nos trabalhos das protagonistas, principalmente na residência de Dolly. Há, também, muitas cenas nas ruas, mostrando belas paisagens da Índia. O figurino é composto, em grande parte, por roupas da cultura local. Os personagens também usam bastante roupas sociais e uniformes.

E você? Já assistiu Dolly Kitty e as estrelas? Deixe o seu comentário!

Veja Também!  Resenha | Apostando Alto (Original Netflix) - Primeiras Impressões
Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.