Drive é uma produção indiana que chegou à Netflix em 2019 como um título original da plataforma. Sua classificação indicativa é para maiores de 12 anos e ele conta com uma duração de 2 horas.

Enredo de Drive

O filme é uma adaptação dos livros de James Sallis e uma remake de um longa já lançado anteriormente, em 2011. Ele explora a temática de crimes, assaltos e corridas de rua. Ele cona a história de um assaltante, Samar (Sushant Singh Rajput), que junta-se a uma pilota de corrida de rua, Tara (Jacqueline Fernandez), para realizar um roubo.

A história acontece aos poucos, revelando o que precisa ser revelado na medida certa para nos deixar interessados pela trama. Ainda sim, é o tipo de longa para ser visto na Sessão da Tarde. Afinal, não é uma história muito elaborada e chega a beirar a superficialidade. Por isso a analogia a um título “Sessão da Tarde”, por ser o tipo de fácil assimilação. Porém, é um filme ótimo para aqueles que não estão familiarizados com as obras de Bollywood. Isso porque ele consegue criar uma ação bem eletrizante e envolvente no estilo filmes de assaltos e crimes organizados.

Veja Também!  Sen Çal Kapimi | Confira a trilha sonora da novela turca!

Elenco e Personagens

Tara (Jacqueline Fernandez) é incrível, a mulher forte e que é uma das pontas mais importantes do desenvolvimento da história. E a atriz Jacqueline conseguiu incorporar toda essa personalidade e mostrá-la ao público sem que ela ficasse só na ideia de ser executada, o que é um acerto enorme na parte do elenco. Ela é o maior destaque apesar do protagonismo também estar nas mãos de Sushant.

Direção e Fotografia de Drive

A direção é de Tarun Mansukhani. Como um filme de ação, coreografias exageradas, diálogos um pouco superficiais e outras coisas artificiais ainda estão bem presentes aqui. Não que isso não seja visto em filmes de Holywood também, é mais uma questão do gênero. Já fotografia é mais escura e preza por cores ora mais vibrantes, ora mais frias e opacas, o que serve bem ao dinamismo da trama.

Veja Também!  Resenha | The Morning Show – 1ª Temporada (Original Apple TV+)

Cenografia e Figuirinos

Por fim, cenografia e figurinos passam por tudo que está relacionado à história e à expressão dos personagens. Tara veste roupas mais provocativas, enquanto Samar mostra-se mais no estilo chefão de máfia. Nos cenários, temos corridas de ruas, sequências feitas dentro de carros, clubes, dentre outros locais frequentados por esses criminosos.

E então, o que você achou de Drive? Deixe sua opinião nos comentários!


Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.