Mais uma vez a Netflix decide desafiar os padrões de beleza e provar que não há problema em ter um corpo plus size. No novo longa do streaming, Dumplin’, Willowdean (Danielle Macdonald) é uma adolescente criada desde pequena pela sua tia Lucy (Hilliary Begley).

Sua mãe, Rosie Dickson (Jennifer Aniston), é uma ex-rainha da beleza e por isso está sempre ocupada com a organização de concursos de beleza. A falta de intimidade entre mãe e filha se torna mais evidente quando a tia Lucy morre, deixando um vazio na vida de Will.

Confira Também! Ficha Técnica | Dumplin’ (Original Netflix)

A trama começa a ganhar forma quando notamos que Rosie sente vergonha de sua filha Will por ser gordinha. A garota aparentemente não se importa, mas aos poucos nos revela o quanto se magoa com o desapontamento de sua mãe.

Como forma de protesto, Willowdean decide se inscrever para o concurso de Miss Teen Bluebonnet, com o objetivo de romper com os padrões sociais. Seu protesto ganha força com a adesão de outras concorrentes fora dos padrões do concurso e o que vem em seguida é sensacional.

Veja Também!  Ficha Técnica | Green Book - O Guia (2018)

O filme conta com um ótimo elenco

Como atriz principal temos Danielle Macdonald, que participou também do grande sucesso da Netflix, Bird Box (confira nossa resenha aqui!). A performance de Danielle é muito boa, transmitindo bem os sentimentos da nossa protagonista Will. De forma muito sutil, a atriz consegue nos passar a fragilidade da personagens nos atos iniciais do longa e a força e sensualidade de Will no último ato.

Outro grande destaque do elenco é Jennifer Aniston (Friends) que interpreta Rosie, a mãe de Will. Já consagrada em tantos filmes e séries de sucesso, Aniston vem mais uma vez realizar um grande trabalho, não deixando a desejar.

Além disso, temos também Bex Taylor-Klaus (Arrow), que não traz muita inovação mas auxilia na construção dos momentos cômicos do filme.

Veja Também!  Esquadrão Suicida 2 | Arlequina deve retornar para o segundo filme

O longa tem um tema específico

Dumplin’ é uma mensagem bonita e profunda sobre aceitação e amor próprio. Explorando a história de personagens que não se sentem bem com si mesmas, o longa se aprofunda na questão de aprender a se amar.

A personagem principal Will e sua amiga Millie enfrentam problemas semelhantes. Ambas não são bem aceitas como são por suas mães. Com o decorrer da trama, as duas afloram seus laços maternos complicados e alcançam resultados positivos.

O longa cumpre seu papel

Longe de ser revolucionário, o filme mantém um enredo interessante porém clichê. Nota-se que o principal objetivo da trama foi cumprido: passar ao espectador uma mensagem bonita sobre amor próprio.

Dumplin’ não conta com a melhor fotografia, mas é bem feita. A cenografia e figurino é um pouco mais trabalhada por se passar durante um concurso de beleza, mas não chega a ser tecnicamente impressionante.

Veja Também!  The Umbrella Academy | Série já está resolvendo alguns dos mistérios dos quadrinhos; confira

Além disso, outras linhas narrativas do enredo são pouco exploradas, como por exemplo, o relacionamento de Will e Bo (Luke Benward). Tudo que acontece em cena era o que precisava acontecer, sem nada a mais.

No geral, o filme cumpre seu papel e entrega um bom resultado. Destinado a todas as pessoas, gordinhas ou não, o longa reforça o discurso de que “todo corpo é um corpo de biquini” e que não há motivo para haver preconceito e diferença. É uma boa atração para a família.

Confira Também! Ficha Técnica | Dumplin’ (Original Netflix)

Gostou do filme? Deixe seu comentário!

 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.