Vamos direto ao ponto: o filme é bom, mas um tanto quanto superficial. Elisa y Marcela, novo original Netflix, conta a história do primeiro casamento gay ocorrido na Espanha. Mas não é apenas isso, além de ser o primeiro, também é o único do mundo que foi validado pela Igreja. Ou seja, no mês em que é comemorado o Pride Month, ou Mês do Orgulho LGBT, ter um lançamento como este é, sem dúvidas, algo extraordinário para a comunidade.

O filme tem foco no amor proibido entre Elisa y Marcela. Mas a o roteiro de Narciso de Gabriel apresenta o fato de uma forma muito delicada. No começo da história, ambas vivem vidas um tanto quanto diferentes. Entretanto, por mais que parecesse improvável, elas se apaixonam. Para evitar escândalos e poderem ter sua união validada, Elisa fantasia-se de homem e utiliza da identidade de seu falecido primo. Dessa forma, ambas finalmente passaram a ser casadas.

Veja Também!  Resenha | Gatunas (Original Netflix)

Ao contrário do que vimos em Azul é a Cor Mais Quente, em que as atrizes sofreram abuso psicológico para gravarem cenas extremamente erotizadas, este loga aqui trata da parte sexual com mais cuidado. Ainda sim, é óbvio que não há a exclusão das cenas do tipo. Afinal, se fosse um casal hétero, a narrativa não seria poupada de explicitar tais atos.

Elisa y Marcela é a apresentação de uma história ao mundo, mas também é um alerta

O filme é de direção de Isabel Coixet que, inclusive, fez um trabalho incrível ao lado de Narciso de Gabriel. Com vários cortes de cenas interessantes, a história das mulheres, interpretadas por Natalia de Molina e Greta Fernández, evolui de uma forma bem legal. Apesar disso, alguns elementos poderiam ter sido um pouco mais explorados. Sendo assim, o longa ficaria mais profundo.

Veja Também!  Onde Assistir | Filme Mistério no Mediterrâneo online

Enfim, o fato é que ele é um alerta. Isso porque, em muitos locais do mundo, ainda vemos o casal homossexual sendo proibido. Elisa e Marcela se passa em 1901, mas foi apenas esse ano que o casamento entre homossexuais foi legalizado em Taiwan, o único local da Ásia em que isso aconteceu.

O visual do filme é muito bonito, assim como o trabalho de elenco

Elisa y Marcela são interpretadas por Natalia de Molina e Greta Fernández, respectivamente. Ambas foram muito boas em seus papéis. Foi possível perceber cada um dos sentimento das duas através de suas atuações.

Por fim, vale frisar que o filme possui um visual muito bonito. A fotografia é extremamente linda e traz um ar todo diferente para o longa. Além disso, o figurino mostra-se bem adequado para a época, gerando uma boa caracterização junto ao cenário para a Espanha de 1901.

Veja Também!  Netflix | Confira as novidades da semana (17/06 - 23/06)

E então, já assistiu ao filme? Conta para mim o que você achou aí nos comentários.

 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.