A série é uma original Netflix, mas poderia facilmente ser um dos shows da Disney. Inclusive, Bridgit Mendler e Ashley Tisdale, dois nomes famosos da antiga geração da emissora, marcam presença em Feliz Natal e Tal. E tal comparação pode ser feita justamente com o show da primeira atriz em questão, Boa Sorte Charlie. O formato de narração é exatamente o mesmo.

A trama da série gira em torno da família Quinn e, principalmente, do drama pessoal de Emmy (Bridgit Mendler). A garota, agora adulta e bem estabelecida, retorna à Filadélfia para passar o natal com sua família. Mas a questão é que agora traz consigo seu namorado, Matt (Brent Morin). E, como a família tem algumas particularidades, fica difícil para o rapaz se encaixar.

Veja Também!  Raven-Symoné | Relembre os maiores sucessos da carreira da atriz

Feliz Natal e Tal é mais fácil do que parece

O modelo sitcom, as piadas e a forma como roteiro e direção do showrunner Tucker Cawley nos guiam pela narrativa são completamente simples de se entender. Não há muita intensidade e profundidade no que é mostrado na série. É apenas um show para ser visto em um fim de tarde de véspera de Natal.

Inclusive, a superficialidade é tanta nos primeiros episódios da série que chega a beirar a falta de necessidade. Alguns diálogos são muito exagerados e forçados. Isso certamente não agrada e não causa uma boa primeira impressão com relação ao show.

Além disso, a estética também não conta muita coisa. É claro que os figurinos fazem jus a cada personagem. Emmy apresenta uma roupagem formal, elegante, o que remete ao momento em que se encontra. Já Kayla, personagem de Ashley, tem roupas que demonstram sua personalidade rebelde e descolada e as que mostram sua depressão. Por outro lado, Patsy (Siobhan Murphy) a outra irmã, tem roupas que as fazem parecer uma mãe. E isso é o que ela demonstra querer ser para suas irmãs.

Veja Também!  O Mundo Sombrio de Sabrina | Relembre os acontecimentos da 1ª temporada

O cenário, como em qualquer sitcom é muito simples e nada elaborado e a fotografia segue o mesmo modelo. Enfim, não há nada a ser analisado profundamente sobre a série em geral.

O elenco é engraçado

Apesar da superficialidade e das falas exageradas, o elenco ainda consegue arrancar umas boas risadas do espectador. Ashley Tisdale sem dúvidas traz um charme e carisma a mais para a narrativa. E, por fim, Bridgit Mendler, já veterana no formato de sitcom, consegue se ajustar bem à nova personagem. O restante dos atores não tem tanto destaque, mas fazem bem seus papéis.

Bom, a conclusão é que Feliz Natal e Tal não é exatamente um show de originalidade. Há muitos erros que podem espantar grande parte da audiência, isso é fato. Entretanto também é possível que sim, uma parcela dela goste da série.

Veja Também!  Onde Assistir | Série New Girl Online
 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.