Gatunas é uma série de drama teen, inspirada no livro homônimo de Kirsten Smith. É protagonizada por Brianna Hildebrand, Kiana Madeira e Quintessa Swindell e sua segunda e última temporada estreou no dia 25 de agosto, na Netflix. Tem classificação de 16 anos. A resenha da primeira temporada pode ser encontrada aqui.

Enredo

A segunda temporada começa pouco tempo depois do final da primeira. Nesse início, nossas protagonistas precisam enfrentar as consequências de ter roubado e afundado o carro de Brady. Enquanto Tabitha e Moe tentam acobertar a fuga de Elodie, esta segue seus dias com Sabine, na turnê da banda. Mas isso não dura muito tempo: decepcionada com a roqueira e com o pai garantindo que não vai mandá-la para a reabilitação, Elodie decide voltar para casa. A partir daí, voltamos a acompanhar as aventuras das três melhores amigas. Se na primeira temporada o foco maior foi no vício delas, essa nova parte se preocupa mais em aprofundar os dramas das personagens e amadurecê-las. E, felizmente, consegue. Claro que a questão dos furtos ainda é mencionada (principalmente por causa de Elodie), mas é um pouco deixado de lado.

Nessa segunda temporada, temos novas aventuras, mais furtos, novos romances e os mesmos dramas de antes, mais desenvolvidos e amadurecidos. A nova fase continua firme na mensagem de empoderamento e sororidade, talvez até mais do que na temporada anterior. O roteiro comete, ainda, alguns erros bobos, como deixar uma pequena trama importante de lado e, vários episódios depois, desenterrá-la, de repente. Há, ainda, a questão do vício de Tabitha, que parece ter sido deixado de lado de forma muito abrupta. Diferente da primeira temporada, esta consegue desenvolver melhor a história e os personagens. Não só as protagonistas, como alguns outros também.

Veja Também!  Ficha Técnica | Amazing Stories - 1ª Temporada (Original Apple TV+)

A narrativa continua bastante fluida e dinâmica, capaz de prender o espectador em seus quase 30 minutos. Apenas os primeiros episódios são um pouco mais lentos, mas nada que prejudique a narrativa acelerada da produção. A partir da metade, a série torna-se ainda mais corrida, parece que precisaram apressar ainda mais os acontecimentos, mas também não atrapalha. Gatunas teve um encerramento bem feito, sem deixar pontas soltas. Algumas coisas poderiam ter sido um pouco diferentes e outras mais bem explicadas? Sim, mas ainda foi um bom final.

Elenco e Personagens

O elenco não mudou muito, mas vemos novos personagens e alguns da primeira temporada não aparecem tanto. A qualidade do elenco está melhor, principalmente o trio de protagonistas. Elas amadurecem, ao longo dos episódios, e é bem interessante acompanhar esse processo. A amizade delas passa por mais provas e se mostra ainda mais forte. As atrizes confirmam a sintonia já transmitida na primeira temporada e mostram ter ainda mais química. 

Elodie (Brianna Hildebrand) continua bem tímida e insegura, mas, com a ajuda de Moe, Tabitha e, acredite, Noah, ela tenta superar essas questões e todos os seus dramas. Hildebrand está mais segura no papel e tem uma melhora significativa em sua atuação. Seu novo interesse romântico, Jillian, foi uma aposta interessante e as duas funcionam bem juntas, têm química.

Tabitha (Quintessa Swindell) continua com o relacionamento conturbado com o pai e tendo que aturar seu ex macho escroto, Brady, na escola. Sua trama está mais madura e a sua mudança é a mais profunda entre as personagens. Tabitha está muito mais empoderada e segura nas suas escolhas. Mais uma vez, Swindell consegue segurar bem a carga dramática da personagem e traz uma atuação mais segura, assim como Hildebrand. Sua evolução é realmente nítida. 

Moe (Kiana Madeira) está tentando ser mais aberta em seus relacionamentos e aprendendo a confiar mais nas pessoas. Madeira, mais uma vez, entrega a melhor atuação da série. Ela convence e emociona. Seu carisma é grande e a atriz consegue deixar a personagem mais real e humana. A relação de Moe e Noah passa por provas e podemos ver, mais uma vez, a química forte que os atores têm. 

Direção e Fotografia

As diretores, assim como o elenco, melhoraram nessa segunda temporada. Os erros da primeira, principalmente em relação à narrativa e ao roteiro, foram consertados. Elas dirigem muito bem os atores, principalmente as protagonistas. As cenas de maior carga dramática tiveram uma melhora significativa. A fotografia chama a atenção pela paleta de cores bem diversificada: tudo muito colorido e com tons bem quentes. Em alguns momentos, utilizam o recurso da câmera lenta. A fotografia e a trilha sonora conseguem captar bem a essência dramática, porém alegre da série.

Cenografia e Figurinos

Os cenários pouco mudaram: a escola continua sendo o ambiente mais explorado, assim como as casas de Moe, Elodie e Tabitha. As cenas também passam por alguns bares e restaurantes, além de algumas lojas frequentadas por nossas protagonistas. O figurino é composto, principalmente, por roupas de frio: muitos casacos e jaquetas jeans e de couro. As roupas das três conseguem dizer bastante sobre a personalidade de cada uma.

E você? Já assistiu a segunda temporada de Gatunas? Deixe seu comentário!

Veja Também!  Passarela de Sonhos | Ouça a OST de Record of Youth
Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.