Mais uma comédia romântica chega a Netflix. Confesso não ser fã do gênero, mas como uma apreciadora do cinema espanhol, me senti atraída pelo filme. Apesar dos inúmeros clichês, é uma obra interessante, que se atreve a ir um pouco além e apresenta mais do que a maioria das produções do gênero.

Baseado no romance de Laura Norton, Gente que Vai e Volta conta a história de Bea, uma arquiteta que parece ter a vida perfeita: vive feliz com o namorado e tem uma carreira promissora. Mas tudo desmorona quando, digamos, um “mal entendido” entre ela e o rapaz tira seu emprego e destrói seu relacionamento. Magoada, ela resolve abandonar tudo e voltar para sua cidade natal. Lá, ela entende o verdadeiro motivo da felicidade e pode encontrar um novo amor.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Vítima Número 8 online

Quantas vezes já vimos histórias assim? Não é nenhuma novidade, mas isso não tira os méritos do longa, nem o deixa desinteressante. Apesar do roteiro ser previsível e não trazer surpresas, isso não torna a narrativa monótona nem cansativa. Os eventos se desenvolvem no tempo certo, sem correr e sem enrolar demais. A fotografia é um ponto bem interessante do filme: as paisagens são muito bonitas e chamam bastante atenção.

As atuações não se destacam, mas são boas. Os atores conseguem cumprir bem o trabalho. Mas sempre esperamos mais de um elenco em que há um nome como Carmen Maura (Volver, Mulheres à Beira de um Ataque de Nervos), que não se destaca, apesar da mãe ser uma personagem interessante. A protagonista, vivida por Clara Lago, não tem muito carisma, tampouco a atuação da atriz contribui para que o público se apegue à personagem. Mesmo assim, ela consegue conquistar sua torcida. Débora e León (vividos por Paula Malia e Carlos Cuevas), irmãos de Bea, também não têm atuações brilhantes, mas são o ponto alto do filme, a parte cômica, e conseguem arrancar boas risadas. A direção é boa e conduz bem os atores em cena.

Veja Também!  Ficha Técnica | Madonna + The Breakfast Club (2019)

Apesar do roteiro previsível e dos clichês, Gente que Vai e Volta é um filme interessante, que cumpre bem o seu papel, e consegue ir um pouco mais além: faz o espectador refletir sobre a vida e seus relacionamentos, e nos mostra a importância da família e da amizade.

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.