Ghost: Do Outro Lado da Vida é um dos maiores clássicos românticos. Lançado em 1990, mistura romance, drama, ação e fantasia em uma narrativa única e poderosa, estrelada por Demi Moore e Patrick Swayze, além da grandiosa participação de Whoopi Goldberg.

Na trama, o rico banqueiro Sam Wheat foi morto ao reagir a um assalto. Sua namorada, Molly Jensen, foi deixada para trás e está correndo perigo. Seu amor por ela o impede de descansar, e ele fica preso entre o mundo dos vivos e o dos mortos para cumprir uma última missão: salvar sua amada. Mas como?

Sam é um espírito, e não consegue se comunicar com os humanos. Desesperado, tenta ajuda com uma médium trambiqueira, mas não será fácil fazer com que Molly acredite nas palavras de uma desconhecida. A mulher conseguirá ser salva?

Resenha | Ghost: Do Outro Lado da Vida (1990)

Um longa de várias faces

O enredo de Ghost é sustentado pela história de amor entre Sam e Molly, mas sua estrutura traz diversos outros gêneros, que passam pelo sobrenatural, com o plano espírita, ação, com a batalha entre os bandidos, drama, pelos momentos mais sensíveis de amores perdidos, a até mesmo comédia, com as cenas de Whoopi Goldberg.

Aliás, são nelas que vivem os melhores momentos do filme. Whoopi já viveu grandes comédias nos cinemas, com destaque para Mudança de Hábito (1992), e este filme pouco mais antigo também é uma boa mostra de seu carisma e talento para o humor.

Personagens funcionais

Enquanto Sam é o ideário masculino e Molly segue por uma imagem quase imaculada de perfeição, sua personagem Oda Mae Brown é simplesmente realista. Uma mulher forte, que tem suas convicções, mas que também apresenta momentos de fraqueza e abraça possibilidades de melhorar a si mesma.

Funciona muito bem ter uma personagem com essas características para quebrar com a perfeição romantizada de um típico casal apaixonado de romances tradicionais. Não, entretanto, que a dupla protagonista seja chata — mas que haja elementos mais interessantes a serem abordados na história.

Ação em ação

Se Sam não tivesse sido morto, Ghost provavelmente contaria a história de um casal frio, junto por convenção, com uma química vencida. Sam só percebeu que amava verdadeiramente Molly após perdê-la — e perder a si mesmo. O relacionamento da trama só ganha forças graças ao elemento da ação.

A ideia de uma comédia romântica é aceitável e conhecida, mas um romance de ação ainda é um pouco confuso. Mas não no sentido ruim. Ver Sam, Molly e até mesmo Oda Mae lutando contra bandidos em um sistema que não acredita em espíritos e vida pós-morte é um bom ponto do filme.

E vale a pena?

Para quem nunca viu Ghost, há uma ideia completamente diferente do que o filme pode ser, então é bom preparar-se para ser surpreendido. Se você está disposto a assistir a um filme completamente fora da caixinha, mas ao mesmo tempo carregado de clichês cinematográficos, sim, vale a pena.

Além de ser um sucesso da Sessão da Tarde, reprisado anualmente pela Rede Globo, você pode assistir a Ghost: Do Outro Lado da Vida quando quiser pela Netflix. Confira também o trailer do filme logo abaixo:

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.