Ginny e Georgia acabou de chegar na Netflix e já está em primeiro lugar no ranking dos títulos mais assistidos dentro da plataforma aqui no Brasil. A primeira e única temporada por enquanto conta com 10 episódios e um elenco bem diverso. Confira a ficha técnica aqui.

Enredo de Ginny e Georgia

Netflix | Conheça as séries mais aguardadas de 2021

A série conta a história de Ginny (Antonia Gentry), apelido para Virgínia, e Georgia Miller (Brianne Howey), mãe e filha que estão agora procurando criar raízes em uma cidade suburbana de Massachusetts.

Georgia é uma mulher sexy e que sabe conseguir o que precisa de quem quer que ela precise tirar. Sendo do interior da Georgia e tendo vivido em uma casa com um pai que abusava dela fisicamente, ela fugiu aos quinze anos e encontrou Zion Miller. O rapaz de 17 anos estava em um ano sabático viajando e acabaram entrando em um relacionamento. O problema é que Georgia engravidou de Virginia.

O relacionamento não foi para frente e agora Georgia parece sempre ter problemas com homens e relacionamentos. Apesar de tudo, Virginia cresceu muito bem, é inteligente e sabe lutar sobre seus direitos enquanto uma garota negra. E não são apenas as duas, o pequeno Austin, filho de outro cara, também faz parte da família nada funcional.

Quando tudo muda

GINNY & GEORGIA (L to R) ANTONIA GENTRY as GINNY and BRIANNE HOWEY as GEORGIA in episode 101 of GINNY & GEORGIA Cr. COURTESY OF NETFLIX © 2020

A família precisa se mudar porque o atual marido de Georgia, Kenny, acaba morrendo por conta de um acidente. Então, a matriarca decide levar os filhos para uma cidade menor, em outro estado e onde eles podem criar raízes.

É então que passamos a acompanhar a descoberta de Ginny sobre relacionamentos, amizades que ela nunca conseguiu ter, suas diversas primeiras vezes sobre diversas coisas, os problemas de Georgia com seu passado e seu presente e, lógico, as lutas do pequeno Austin para ser aceito.

Minha opinião sobre a série

Para ser bem sincera, parece uma cópia de Gilmore Girls, mas com sua própria essência. Não é totalmente uma cópia sem originalidade, mas não dá para negar as inúmeras coincidências. Até mesmo a insistência pelo uso do apelido por parte de Ginny, os problemas com relacionamentos de Georgia, o fato de que tem um cara com uma lanchonete que ambas frequentam e que se sente atraído pela matriarca, o triângulo amoroso de Virginia e várias outras coisas.

Mas a série consegue sim encontrar sua autenticidade em detalhes. Apesar de tudo, parece que o roteiro é um pouco irreal demais na parte adolescente da história, o que acaba irritando e fazendo ele difícil de ser engolido.

Elenco e personagens

GINNY & GEORGIA (L to R) CHELSEA CLARK as NORAH, ANTONIA GENTRY as GINNY, and KATIE DOUGLAS as ABBY in episode 102 of GINNY & GEORGIA Cr. COURTESY OF NETFLIX © 2020

Gosto do trabalho que é feito com Virginia no sentido de que ela tenta tanto se enturmar com seus novos amigos que perde um pouco da própria identidade. Afinal, ela passa a literalmente se comportar como todas as meninas brancas, algo que ela abominava em seus discursos raciais. E é algo que é mostrado em pequenos detalhes, como no episódio sobre roubo, ou no episódio sobre o Halloween.

Georgia traz muito mais maturidade e realismo para a série em seu núcleo, mesmo com os acontecimentos extraordinários. E Austin está ali como uma ponta extremamente mais realista que as outras duas.

O que incomoda nesse ponto é a construção dos personagens secundários. São jogados personagens bem clichês, uma pitada de representatividade asiática aqui (estamos falando de chineses, indianos, coreanos, tivemos tudo), outra pontada de representatividade latina, mas o discurso racial só fica evidente para Virgínia. Além disso, temos personagens extremamente dramáticos e com condutas que ficam teatrais demais.

Direção e fotografia de Ginny e Georgia

GINNY & GEORGIA (L to R) ANTONIA GENTRY as GINNY, MASON TEMPLE as HUNTER, and BRIANNE HOWEY as GEORGIA in episode 104 of GINNY & GEORGIA Cr. COURTESY OF NETFLIX © 2020

A direção traz uma mistura interessante da narrativa de ambas as personagens, colocando em evidência o fato de que estão em momentos de vida diferentes, mas que têm problemas pendentes para resolverem em sua própria relação e que afetam a vida uma da outra. Além disso, também temos um uso interessante dos flashbacks sobre o passado de Georgia que nos trazem uma ambientação mais interessante dos acontecimentos presentes da série e como os fantasmas não permanecem muito tempo enterrados, uma hora eles aparecem.

Já a fotografia é dramática, com bastante contraste, saturação alta, luminosidade boa, tudo que é necessário para trazer uma sensação de que parece que agora as coisas estão finalmente mais emocionantes para a família. Isso porque quaisquer outros momentos fora da cidade em que estão agora são mostrados em uma fotografia fria, crua e sem vida.

Cenografia e figurinos

GINNY & GEORGIA (L to R) FELIX MALLARD as MARCUS and ANTONIA GENTRY as GINNY in episode 103 of GINNY & GEORGIA Cr. COURTESY OF NETFLIX © 2020

Por fim, vemos uma ótima representação das personalidades dos personagens em seus figurinos, além de a fotografia trazer uma ambientação aconchegante para todos os locais da cidade, indicando que sim, pode ser o destino final da família nômade.

E então, o que achou de Ginny e Georgia? Conta pra gente nos comentários!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.