Estreou na Netflix o anime Gokushufudou: Tatsu Imortal, adaptação de um popular mangá homônimo. Sua primeira temporada já foi lançada completa nesta quinta-feira, 08 de abril de 2021, e diremos abaixo o que achamos do anime!

Antes de mais nada, assista ao trailer:

Enredo

Gokushusfudou: Tatsu Imortal conta a história de um ex-membro da Yakuza que se aposentou dos dias de pancadaria para levar a vida de forma mais discreta e segura, cuidando da casa enquanto sua esposa trabalha fora. O que ninguém imaginava é que ele se daria muito bem como dono de casa, seja na limpeza ou na hora de botar a mão na massa para fazer deliciosos obentôs, as marmitinhas japonesas.

Inspirado em um mangá de mesmo nome, o projeto é muito divertido por expor uma dualidade pouco imaginada: a vida doméstica de um Yakuza, a organização criminosa mais conhecida do Japão.

A primeira temporada tem, oficialmente, cinco episódios de aproximadamente 17 minutos cada lançados na Netflix, mas assistindo-os você percebe que, na verdade, são compilados de vários episódios curtinhos, de 4 ou 5 minutos cada, resultando então em um número muito maior de episódios.

Os capítulos não são necessariamente conectados, embora tenha, sim, uma linha do tempo perceptível e respeitada por ali. No entanto, cada pequeno episódio está mais para uma esquete, um curta metragem, ou até mesmo um ONA, para emprestar o termo já comum para os fãs de animes. São pequenas histórias divertidas que se passam no mesmo universo, mas ainda vale a pena conferir na ordem para não perder nenhum detalhe, como novos personagens que são apresentados.

Personagens e Dubladores

O protagonista é uma lenda. Ver um ex-membro da Yazuka tentar se encaixar a uma rotina mais tranquila é hilário, com sua imagem de valentão que não combina com os aventais fofos que usa para as atividades domésticas — e do qual ele pouco se importa, completamente livre de qualquer estereótipo quanto a sua própria imagem. Ele apenas é ele mesmo e está tudo bem com isso.

No entanto, é impossível não rir com as interações dos vizinhos assustados e curiosos quanto a essa figura tão chamativa, ou mesmo quando seus ex-colegas de trabalho e inimigos de outrora eventualmente entram em cena para ver com os próprios olhos o que aconteceu com o temido Tatsu Imortal.

Gokushufudou: Tatsu Imortal

Mas em casa quem manda é a mulher, e quando sua esposa Miku aparece nem mesmo o mais temido ex-Yakuza consegue manter a pose e acaba se derretendo, embora tenha um jeito bastante único de demonstrar seus sentimentos. Miku, por sua vez, não é nenhuma garotinha indefesa, e mesmo que suas participações não sejam tão recorrentes assim, é muito interessante aprender mais sobre ela e seu relacionamento com Tatsu.

O gatinho do casal também ganha algumas pequenas esquetes próprias, explorando o pequeno mundo ao seu redor. Essas partes lembram bastante Chi’s Sweet Home, um popular mangá/anime infantil que mostra o dia a dia de um gatinho cinza. Deu até vontade de rever!

Gokushufudou: Tatsu Imortal

Direção e Técnicas de Animação

Produzido para a Netflix pelo estúdio J.C.Staff, essa é provavelmente a parte que menos agradou o público, principalmente aqueles que já haviam lido o mangá e tinham altas expectativas para essa produção.

Gokushufudou: Tatsu Imortal não tem uma animação corrida, sendo mais uma série de quadros com pouca ou nenhuma variação entre si para formar as cenas, dando apenas alguns movimentos como o dos lábios (que não está sincronizado com a dublagem japonesa) e de facas. As transições também são bem secas e perceptíveis.

A impressão que fica é que, para esta animação, o mangá foi colorido, reproduzido em sequência dos quadros e dublado. Muitos espectadores reclamaram desse método “preguiçoso” de animar, mas se você não conhecia a obra original ou gosta de mergulhar por alguns projetos fora do tradicional, pode ser uma experiência até que bem interessante.

Aliás, como o anime tem todo esse foco na comédia, uma animação mais simples e escrachada acaba até colaborando com isso, embora um pouco mais de expressividade dos personagens secundários faça falta em algumas cenas — mas nunca do protagonista, já que sua graça é justamente ser estático e aparentemente sério, embora um coração mole por dentro.

E você, o que achou de Gokushufudou: Tatsu Imortal? Conta pra gente nos comentários a sua opinião sobre o mais novo anime!


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.