Good Morning Call é um drama japonês de 2016 feito em parceria com a Netflix, entrando para o catálogo como um original da plataforma. Ele é baseado em uma série de mangás de Yue Takasuka.

Enredo de Good Morning Call

A trama do drama gira em torno de Yoshikawa Nao (Fukuhara Haruka), uma estudante colegial muito dedicada e que mora sozinha no centro para poder estudar. Uehara Hisashi (Shiraishi Shunya), por outro lado, é um colega da escola bem famoso e até um pouco temido. Ambos acabam alugando o mesmo apartamento e, para evitar o transtorno de procurar outro local, preferem dividir o espaço. Por conta da convivência, eles passam a gostar um do outro e diversas situações surgem para colocar a relação em prova.

Veja Também!  Ficha Técnica | Mistérios sem Solução - 2ª temporada (Original Netflix)

O enredo é até um pouco interessante, lembra Ombro Amigo, o c-drama, no entanto, são tantos erros de atuação, direção, e até mesmo no desenvolvimento da narrativa, que fica difícil acompanhar. Acabei me forçando a terminar a primeira temporada, mas confesso que não me agradou em nada.

Elenco e personagens

Os personagens tinham tudo para serem legais e interessantes, mas a atuação é terrível. Fukuhara Haruka não parece saber ao certo quando fazer as expressões faciais. E, por isso, acaba parecendo algo atrasado e mega teatral.

Shiraishi Shunya por sua vez nos entrega um Uehara sem expressão. É claro que, pelo personagem ser mais fechado e por conta de seus traumas, ele não vai ser muito expressivo. Mas a atuação não precisa ser sem personalidade.

Veja Também!  Resenha | Em Defesa de Jacob - 1ª Temporada (Original Apple TV+)

Outra parte que simplesmente não dá para engolir é o trio de meninas malvadas da escola. As atuações são péssimas, os diálogos são horríveis e as situações criadas para a aparição delas são piores ainda.

Direção e fotografia de Good Morning Call

A direção traz uma pegada bem visual, com transições meio anos 2000, o que não fica muito bonito. Além disso, a direção de elenco também não foi boa. Por fim, a fotografia parece algo mal feito, com câmeras ruins e enquadramento ruim também. O visual da série simplesmente não agrada.

Cenografia e figurinos

A cenografia fica mais restrita à escola e ao apartamento divido pelos adolescentes. Já o figurinos vai desde as roupas usadas por eles em casa, até o uniforme da escola. São as partes mais simples e que não davam para dar errado.

Veja Também!  Ficha Técnica | Amazing Stories - 1ª Temporada (Original Apple TV+)

E então, o que você achou de Good Morning Call? Conta pra gente!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.