Lançado em 2019 pela Netflix, o filme História de um Casamento (Marriage Story) é um longa de drama dirigido por Noah Baumbach. Concorrente a seis indicações ao Oscar 2020, incluindo o prêmio principal, de Melhor Filme, é um longa que precisa ser assistido pelos cinéfilos de plantão.

Confira o trailer de História de um Casamento:

Sobre o Enredo

Nicole e Charlie já se amaram muito um dia, mas hoje estão prestes a se divorciar. Com um filho de oito anos e muitas divergências em seu relacionamento de longa duração, entram em uma longa disputa judicial pela divisão dos bens e custódia de Henry.

Inicialmente o casal pode não se dar conta, mas o que está em jogo neste tabuleiro de advogados e terapeutas não é o seu relacionamento e os bens materiais que conquistaram juntos, mas a saúde mental que há muito tempo perderam, enquanto o amor que sentiam um pelo outro também se perdia.

Resenha | História de um Casamento (Original Netflix)

A trama não conta com grandes invenções ou fantasias: inspirado em milhares de relacionamentos da vida real, o que cativa em História de um Casamento é a veracidade dos fatos sobre o desgaste mental e emocional de um matrimônio no qual o amor foi varrido para debaixo do sofá. Infelizmente, demora-se um pouco para entrar no clima do filme, mas uma vez que compreende-se a narrativa é validada sua indicação ao Oscar.

Veja Também!  Lista | 4 motivos para assistir Castlevania

Elenco e Personagens

Com um roteiro que flui naturalmente pelas típicas histórias pouco amigáveis de separação matrimonial, o que torna o filme em uma verdadeira obra de arte é o show de atuação de Scarlett Johansson e Adam Driver: hoje em dia os astros podem ser lembrados principalmente pelas grandes franquias hollywoodianas de Vingadores e Star Wars, mas provam que também sabem encarar um bom dramalhão.

Resenha | História de um Casamento (Original Netflix)

Seus personagens são realistas: uma mulher que desistiu de seus sonhos para viver os do marido, e um homem egocêntrico que não percebe a infelicidade de sua esposa até ser intimado. Poderia ser um filme sem sal, mas a expressividade de seus intérpretes, tais como sua força, seu tom de voz, as lágrimas, gritos e brigas fazem com que a tensão do longa aumente, assim como sua qualidade.

Veja Também!  Onde Assistir | Série Barra Bravas online

Direção e Fotografia

Noah Baumbach é genial. Com uma paleta de cores amarronzada e bem apática, o filme ganha um ar de produção dos anos 70/80, embora a data de ambientação do filme não seja especificada.

A câmera prefere acompanhar o movimento dos personagens a fazer cortes bruscos, tais como dar um zoom lentamente em vez de simplesmente cortar para um close-up, uma escolha sábia para causar suspense e tensão: quando a câmera se mexe, sabemos que algo está prestes a acontecer.

Cenografia e Figurino

Com grande parte do filme em cenas in-door, a produção usa e abusa de cenários simples, mas bem compostos, para expor a vida do ex-casal, cuja casa até que humilde para os padrões hollywoodianos se deixa ser completamente ofuscada por manifestações mais exuberantes de dinheiro, vistas, por exemplo, no escritório de Nora (Laura Nerd), advogada de Nicole.

Nicole não mentiu quando disse, em sua carta, que Charlie sabia se vestir de forma que nunca a faria passar vergonha, mas esqueceu de citar o quanto suas próprias escolhas também são perfeitamente adequadas: todo o figurino do filme é lindo e as peças combinam com aqueles que as vestem.

Veja Também!  Resenha | Universo Ashley Garcia - 1ª Temporada (Original Netflix)

Trilha Sonora

Para os fãs de uma boa música, a trilha sonora de História de um Casamento é impecável, com direito a Paul McCartney, Tony K e Randy Newman. Teve até uma cena com Adam Driver mandando ver nos vocais e provando o artista versátil que é:

Vale a pena ver História de um Casamento?

Sem buscar se exuberar demais, História de um Casamento opta pela simplicidade e realidade, uma mistura que dá muito certo — e promete comover àqueles que estão passando por uma situação semelhante a dos protagonistas do Original Netflix. Se a pergunta é “vale a pena ver o filme?” a resposta, sem dúvida alguma, é sim.

E se você ainda não conferiu, não perca mais tempo: o Oscar acontece neste domingo, 09 de fevereiro, com o drama concorrendo em seis categorias. Será que leva alguma? Comente suas apostas nos comentários!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.