How To Get Away With Murder em sua 3ª temporada traz nos títulos dos episódios citações que capturam o ponto mais significativo do enredo. Mas também conseguem capturar o núcleo emocional do episódio.

Michaela, Laurel, Connor, Asher e até mesmo Oliver agora já enfrentaram assassinatos. Todos eles foram acessórios para matar, e alguns deles (Asher) são verdadeiros assassinos. E então, além dos assassinatos que eles encontram em suas vidas cotidianas, eles são bombardeados com os detalhes cruéis de um novo assassinato ou dois a cada semana.

Mas a morte de Wes é diferente. Desta vez, um deles foi assassinado. Eles não têm mais o luxo do desapego. Estas não são situações hipotéticas. Annalise está interrogando-os. Seu objetivo não é descobrir o que aconteceu para que eles possam proteger um cliente e fazer seu trabalho como advogados em treinamento. É pessoal desta vez. A morte de Wes é real e não vai desaparecer tão cedo.

Veja Também!  Resenha | Cities of Last Things (Original Netflix)

How To Get Away With Murder está entrando em um círculo muito complicado

Keating definitivamente não está em seu melhor momento. Embora, é claro, Viola Davis a esteja interpretando maravilhosamente. Tudo bem que não está recebendo tanto tempo de tela quanto costuma ter, mas cada cena conta. Os maiores pontos fortes dos episódios são os detalhes e a precisão por trás de seu arco na cadeia.

Annalise está assustada, nervosa, incerta – todas as qualidades que nunca vimos nela antes, pelo menos não nessa magnitude. A série, nesse ponto, consegue retratar os horrores do encarceramento sem que seja o ponto focal. É mais um exemplo de como How To Get Away With Murder tece histórias sobre injustiças e desigualdades sistêmicas em sua narrativa mais ampla com profundidade e nuance.

Veja Também!  Orange Is The New Black | O que esperar da temporada final?

É uma pena que How To Get Away With Murder ainda esteja se afogando em tramas complicadas. Isso porque vários episódios realmente têm seus momentos bons. O problema é que tudo começa a se embolar demais. Agora Nate também está sendo enquadrado por seus crimes? Ou ele realmente tem algo a ver com o assassinato de Wes depois de tudo? Mas ele não tem motivo. Frank e Bonnie tinham motivos, mas também parecem respostas óbvias. É algo para se ficar perplexo, para dizer o mínimo.

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.