O Império dos Memes é um admirável mundo novo de exibicionistas da mídia social que se arriscaram em um documentário.

Este é um filme que pode ser bem recomendado, já que é altamente divertido. Provavelmente, ao assistir, você irá absorver o espírito e se identificar com algumas pessoas. Por exemplo, com Kirill Bichutsky, o cara que dá festas regadas a mulheres, onde ele joga champanhe em suas bocas sexualmente. Tem também a Paris Hilton, a socialite, princesa do narcisismo e da riqueza que começou tudo isso.

Aí, ao ver Império dos Memes você se pergunta: “Qual é o problema com essas pessoas? Eles não parecem ter muito talento para serem famosos…”. Talvez essas não sejam as perguntas certas, mas você acabou de  definir a essência do apelo deles. Eles são estrelas da mídia social e não de Hollywood.

Veja Também!  Resenha | Inocente: Uma História Real de Crime e Injustiça (Original Netflix)

Dizer que essas pessoas não têm um talento é complicado, pois a metafísica da autopromoção é ao mesmo tempo óbvia e irrelevante. Todos saíram do mesmo lugar: uma fusão do TMZ com o tapete vermelho, do “Jackass”, dos inúmeros reality shows e da exposição interminável que a Internet proporciona.

Império dos Memes mostra o surgimento e a trajetória de alguns famosos na Internet

Por mais inconstante que a fama possa ser, eles foram, em alguns pontos, algumas das maiores celebridades do planeta. As estrelas de Império dos Memes possuem um alcance mundial que, em teoria e prática, é muito alcançável.

As novas celebridades da Internet são estrelas falsas que se tornam seus “amigos” e simbolizam o que você poderia ser também. Afinal, de que outra maneira você vai se destacar no mundo se não for se tornando um meme hoje em dia?

Veja Também!  Ficha Técnica | Zoe e Raven - 1ª Temporada (Original Netflix)

O filme basicamente relata a ascensão de algumas pessoas e conta como elas fizeram da Internet o seu lar. Em Império dos Memes vemos como esses famosos são renegados e democratizaram a fama. Vemos também como muitas empresas querem se comprometer com seu prestígio, e assim, os permitem viver cheios de acordos corporativos.

Este é um documentário que provavelmente não agradará a todos, mas em suma, é interessante de se ver.

 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here