John Wick – Um Novo Dia para Matar é um filme lançado em 2017, continuação do primeiro longa do assassino imparável. Keanu Reeves reprisa o papel do imbatível mercenário envolvido com o submundo das “máfias que controlam tudo”, mas desta vez são outras razões que o levam a matar, mais uma vez.

Sobre John Wick – Um Novo Dia para Matar

Logo no início do filme, um mafioso que está sendo atacado por John, diz:

John Wick é um homem de foco, compromisso e com uma maldita força de vontade”. E sim, esta é a melhor maneira de resumir esse cara. Mas não a única.

Depois dos acontecimentos do primeiro filme, John tenta retornar para sua vida pacata, mas o passado ainda o persegue. Uma antiga dívida de sangue é cobrada, mas John recusa-se a pagá-la. Isso desperta a fúria do seu credor e ele explode a casa de John.

Veja Também!  Jeffrey Wright | Confira os maiores sucessos do ator

John Wick - Um Novo Dia para Matar

Isso enfurece John, então ele procura um velho amigo para se aconselhar. Logo ele percebe que não poderá fugir das antigas leis que regem o submundo onde uma vez viveu e que terá que cumprir o que lhe foi exigido.

John Wick então viaja para Roma, onde vai cumprir seu contrato. Lá ele se prepara para mais uma vez encarnar o lendário assassino que é. Mas este novo contrato é algo que irá mudar os rumos do seu destino e de todos aqueles que o circundam.

Outras informações

  • Direção: Chad Stahelski, além de diretor também é dublê. E não é qualquer dublê, o cara substitui Brandon Lee, depois do infeliz incidente em O Corvo, em algumas cenas. Ele também foi dublê em Matrix, filme em que Keanu Reeves é protagonista.
  • Roteiro: Podemos dizer que Derek Kolstad se lançou para o mundo com os filmes do assassino John Wick. Além desta trilogia ele escreveu mais dois filmes: Entrega Mortal e A Última Bala;
  • Elenco: Além de Keanu Reeves, outros destaques deste filme são: Common, como o assassino Cassian, antagonista de John Wick; Ruby Rose, como a assassina muda Ares; e Riccardo Scamarcio, como o chefe da máfia de Gomorra, Santino D’Antonio. Outra participação de destaque é a de Laurence Fishburne, como Rei. Está é a primeira vez que Reeves e Fishburne atuam juntos desde Matrix.

John Wick - Um Novo Dia para Matar

  • Outros pontos a serem ressaltados são: a vibrante trilha sonora que acompanha a ação de maneira energética, composta por Tyler Bates. Além da direção de ação, que traz cenas de tiroteio e briga de tirar o fôlego e que enaltecem o lado furioso e tático de John Wick. Parabéns, mais uma vez, para Chad Stahelski por isso.

Mas e você, já assistiu John Wick – Um Novo Dia para Matar? Então deixe abaixo nos comentários o que mais gostou.

 
Veja Também!  Ficha Técnica | Alita: Anjo de Combate (2019)


Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.