Lady Bird é um filme de comédia dramática de 2017 e que ganhou alguns prêmios e indicações bem importantes. Ele traz Saoirse Ronan e Timothée Chalamet em seu elenco e direção e roteiro são de Greta Gerwig. Ele está atualmente disponível na Netflix.

Enredo de Lady Bird

O filme conta a história de Christine “Lady Bird” McPherson (Saoirse Ronan), uma adolescente no último ano do colegial que sonha em sair de sua cidade, Sacramento. Então, no melhor estilo coming of age da coisa, acompanhamos o amadurecimento da garota, sua relação com sua família, amigos e seus primeiros relacionamentos amorosos. Ela estuda em um colégio católico e sente-se constantemente deslocada por conta de sua condição financeira bem menor do que a de seus colegas.

Apesar de a premissa do filme ser simples e bem comum em obras do tipo, Greta consegue fazer deste longa aqui algo a mais. Ela não tenta seguir uma fórmula específica de sucesso, ou uma jornada do herói, pelo menos não de forma muito específica. Na verdade, ele parece uma coletânea de pequenos momentos dramáticos sucessivos na vida da garota. Ciclos que se iniciam e se fecham. E tudo isso feito de forma bem intensa de modo que, mesmo sendo um drama, conseguimos captar muito bem todas as emoções.

Veja Também!  Ficha Técnica | Da Decoração ao Makeover - 1ª Temporada (Original Netflix)

Apesar de tudo, não é o tipo de filme que nos deixa vidrados na tela. Ele é confortável. Apenas isso. Então, com o conforto e as emoções puramente verdadeiras que ele nos proporciona, somos capazes de refletir sobre o seu conteúdo.

Elenco e Personagens

Lady Bird definitivamente é intensa. Ela demonstra a rebeldia da idade, a necessidade do afastamento de um lar opressor, que, na verdade, não passa de um desentendimento entre a realidade imposta por sua mãe e as próprias expectativas dela. Além disso, também vemos seus amores, amizades, e eles acontecem de forma tão natural e real que é impossível que o público não se sinta conectado a ela.

A construção, desenvolvimento e aprofundamento da personagem são simplesmente um dos mais simples e ainda sim mais honestos que já vi. Ela é o que é e é como muitas pessoas. Não há a criação de algo irreal para fazer com que nós nos sintamos conectados ao que queríamos ser, é algo real e isso é inteligente e acolhedor.

Veja Também!  Resenha | Grand Army - 1ª Temporada (Original Netflix)

Direção e Fotografia de Lady Bird

A direção de Greta segue a mesma linha de seu roteiro e da criação de seus personagens. É como eu disse no início, são pequenos ciclos que se abrem e fecham, como acontece na vida de todo mundo. E isso é mostrado de forma muito simples e linear.

Já a fotografia traz uma sensação de imagem envelhecida. Isso serve bem à trama, que se passa em 2002. Ademais, o enquadramento é sempre bem simples também, com os planos que já estamos acostumados.

Cenografia e Figurinos

Os figurinos são um pouco confusos, pois não fica muito claro que aquela época é de fato os anos 2000. Alguns acessórios aqui e ali ajudam, mas ainda sim fica um pouco difícil. Já a cenografia denuncia um pouco mais com seus eletrônicos antigos, carros e casas no estilo da época.

Veja Também!  Segundo Chris Hemsworth, filmagens de novo filme do Thor começam em janeiro

E então, o que você achou de Lady Bird? Conta pra gente nos comentários! Ah, e, se você gosta desse tipo de filme, confira também Quase 18.

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.