Muita gente já assistiu o clássico Laranja Mecânica, dirigido pelo grande Kubrick, mas já chegaram a ler a obra que serviu como base para a adaptação cinematográfica? O livro de Anthony Burgess é tão interessante quanto o filme que abalou a cultura pop.

Ficha Técnica

  • Título: Laranja Mecânica
  • Título original: A Clockwork Orange
  • Autor: Anthony Burgess
  • Editora: Editora Aleph
  • Páginas: 352
  • Ano de lançamento: Edição de 2012

Enredo

Alex DeLarge tem apenas 15 anos, mas já possui uma gangue com os seus drugues (amigos) Georgie, Pete e Tosko. Os quatro juntos saem por aí, pela cidade, cometendo crimes ultraviolentos como agressão, furto, estupro e até mesmo assassinato. E, como se não bastasse, a trupe ainda faz uso de drogas que colocam dentro do leite para ficarem ainda mais “ligados” para cometerem os crimes (o leite que eles chamam por Moloko Vellocet).

Veja Também!  Resenha | O Pai que Move Montanhas (Original Netflix)

Mas como é de se esperar, um dia Alex acaba sendo preso. O governo o usa como cobaia para um novo tratamento para acabar com a agressividade juvenil, e a crítica central está exatamente aí: as pessoas adquirem a maldade ou nascem más?

Personagens

Nosso personagem principal aqui é Alex que comete os crimes e, logo após, acaba sofrendo na mão do governo por isso.

Ele é um personagem complexo e até difícil de se entender, você não sabe se ele escolheu ser daquele jeito ou se tem algum traço de psicopatia, sem contar que ele é bem peculiar para uma pessoa da idade dele.

Podemos acompanhar o tempo todo no livro a evolução da história de Alex. Ele mesmo conta em primeira pessoa e o livro é separado em três partes: Alex e a ultraviolência, ele como cobaia nos testes e, por fim, o garoto tentando se adequar ao mundo novamente após os testes.

Veja Também!  Resenha | Thelma e Louise (1991)

Escrita do Autor

No mundo dos livros, a escrita de Burgess impressiona pelos temas abordados e, principalmente, pelo novo linguajar pelos quais os personagens usam para se comunicarem. O livro acompanha um dicionário, o que pode tornar a leitura um pouco pesada, mas que ainda sim vale a pena.

Sem contar que nenhum personagem foi criado em vão, foram todos bem trabalhados. “Alex”, por exemplo, significa “sem lei”, o que encaixa perfeitamente em sua personalidade.

Tirando as palavras inventadas, o livro tem uma linguagem bem fluída, mas esses pequenos detalhes podem fazer com que seja uma leitura que requer mais do leitor.

E aí? Já leu? O que achou? Comente!


Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  
Veja Também!  Resenha | Everybody's Talking About Jamie (Original Prime Video)


 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.