Se qualquer série da DC é merecedora de um prêmio “mais aprimorado”, certamente é Legends of Tomorrow. No começo tudo ia bem, deu uma leve caída, apresentou falhas, mas, aos poucos, a série foi se aprimorando, melhorando até deixar os espectadores realmente viciados.

É difícil dar crédito a uma só pessoa pela reviravolta. Todo mundo que compõe o elenco e a equipe merece uma salva de palmas. A 3ª temporada foi quando a série realmente encontrou o seu ponto de partida. Em suma, as aventuras de viajar no tempo foram finalmente agradáveis, e a injeção adequada de comédia foi entregue.

Apesar dos pesares, muitas pessoas ainda se inclinam para as coisas mais sérias e preferem o material mais obscuro oferecido pelos gostos de Arrow e Gotham, mas isso não necessariamente funciona para tudo. Além do mais, Legends of Tomorrow contrabalanceia o drama e a comédia melhor do que The Flash, por exemplo.

Veja Também!  Resenha | Kabaneri da Fortaleza de Ferro: A Batalha de Unato (Original Netflix)

Legends of Tomorrow se encontrou na 4ª temporada

Quanto ao que realmente está acontecendo nesta temporada, a equipe da Waverider acabou arredondando o anacronismo final, fixando assim a história. Surpreendentemente, isso força o Time Bureau a reconhecê-los como heróis, mas a celebração é de curta duração.

Simplificando, a derrota de Mallus abriu as comportas para inúmeros outros monstros atacarem o timestream. Então, naturalmente, cabe às pessoas que criaram a bagunça para limpá-lo.

Curiosamente, a primeira ameaça para esta temporada vem na forma de um unicórnio. Então, isso nos serve de lição para não confiarmos em ninguém aparentemente inofensivo que encontramos na natureza.

Ok, sem spoilers. O que se pode dizer é que na 4ª temporada de Legends of Tomorrow ainda não está claro quem ou o que é o grande mal, embora pareça que eles têm história com um exorcista enigmático.

Veja Também!  Resenha | Shanghai Fortress (Original Netflix)

À quem for assistir, prepare-se para mais do que risos e travessuras de viagens mágicas malucas do tempo. Temos vislumbres generosos da vida pessoal de Lance e Nate Heywood (Nick Zano). Provavelmente será mais explorado à medida que a saga se desenrolar. Há um novo território sendo mapeado e que nos deixa ainda mais intrigados. Será que teremos que lidar com algo além de um unicórnio à espreita na esquina? Vamos aguardar.

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.