Finalmente a saga dos adolescentes que (sobre)viviam no caos que era o mundo após um vírus chega ao fim. Nova Era é o terceiro livro da trilogia e traz com ele um desfecho da aventura em que Jeff Donna tiveram que passar ao lado de seus amigos em busca da Cura.

Você pode conferir a resenha do primeiro livro aqui e a do segundo livro aqui.

Ficha Técnica

  • Título: Nova Era
  • Título original: The Revival
  • Autores: Chris Weitz
  • Editora: Seguinte
  • Páginas: 216
  • Ano de lançamento: 2016

Enredo

Jefferson está decidido a levar a Cura para todos os jovens de Nova York e juntos construírem um novo mundo juntos com união, mas é claro que isso não passa apenas de utopia, até ele sabia disso, mas estava convicto a tentar.

Como previsto, é óbvio que não dá certo. E para piorar, a Resistência que, a princípio, estava ao lado dos jovens, se provam como na verdade agentes infiltrados do governo americano. Eles buscavam por uma arma que estava lá e que dava acesso ao arsenal nuclear dos Estados Unidos. Com esse poder, eles poderiam oprimir qualquer país do mundo e conseguir reconstruir um novo Estados Unidos.

Durante esse tempo, Donna é informada pela Inglaterra sobre a situação e quase que obrigada a voltar para Nova York para tentar impedir que o mundo seja destruído.

Personagens

Com a história em reta final, o autor busca mostrar através dos personagens aspectos reais sobre nossa sociedade. É através de cada personagem que a discussão sobre diferentes ideologias, sobre raça, poder, política e sociedade são feitas.

Nesse último livro vemos Nova York dividida em dois polos: os que colocavam a vontade de poder acima de tudo, comandava sua tribo em uma espécie de sociedade em que apenas homens tinham voz e faziam das mulheres aquilo que quisessem. Do outro lado, as pessoas que queriam finalmente uma vida nova e uma nova sociedade, um lado em que as garotas tinham tanta voz e força quanto os garotos.

O escritor faz analogias com coisas reais através de seus personagens, nos mostra porque é tão difícil haver paz e igualdade numa sociedade, porque é tão difícil viver em um lugar onde há tantas guerras pela busca ao poder.

E claro, nos faz questionar se isso também não é culpa da índole de certos governantes. Enquanto um queria a todo preço algo justo, outro procurava por massacre, guerra e atos ilícitos durante sua busca pelo poder.

Escrita do Autor

Nova Era tem muitos pontos em relação à escrita de Chris Weitz.

Esse terceiro livro vem com bem mais pontos de vista aprofundados de personagens do que nos livros anteriores. Porém, é também o que menos contém números de páginas e algumas coisas podem explicar esse fenômeno.

O segundo livro tem um maior cunho político do que nos outros, se esperava que no terceiro tivéssemos uma explicação sobre como o mundo estava em seu estado atual sem os EUA como o maior país influente economicamente. Não foi falado também como os outros países estavam reagindo com tudo isso como já havia sido citado uma vez.

No terceiro livro, isso sobre os outros países acaba ficando apenas como um detalhe de pano de fundo na história.

O caminho até a conclusão da trama foi corrido e sem tantos detalhes importantes. Tudo acontece bem rápido ao final, todas as ações vão num piscar de olhos. O escritor também não dá uma breve explicação de como será o futuro do mundo ou dos personagens a partir dali, a leitura termina com um sentimento de que outro livro está por vir para explicar mais coisas.

A história, num geral, é bem interessante. Esse terceiro livro tem bastante ação, mas por ser o último ele carrega uma expectativa que infelizmente não é saciada.

 

 


Inscreva-se no nosso canal
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.