Estreou nesta quinta-feira, 22 de agosto, a primeira temporada de Love Alarm. A série Original Netflix é mais uma aposta da plataforma de streaming em conquistar o público sul-coreano e os dorameiros internacionais, como são chamados os fãs de dramas – as séries/novelas do país.

Sobre Love Alarm

Baseado na webtoon de mesmo nome, da autora Chon Kye Young, e ambientado na Coreia do Sul, apresenta um mundo dominado pelo Love Alarm, um aplicativo de celular que te avisa toda vez que alguém que tem um crush em você entra em um raio de 10 metros – assim como seus sentimentos também são revelados quando você se aproxima de sua pessoa amada.

A fama do aplicativo – que soma 10 milhões de usuários em poucos dias de lançamento – é tamanha que tem influenciado a forma como as pessoas se relacionam, traçando o destino de namoros e casamentos ao ser utilizado como comprovante de seu amor – ou da falta dele. Quer se declarar para alguém? Ative seu Love Alarm.

Resenha | Love Alarm

As consequências

Entretanto, nem só flores são os frutos dessa criação. O aplicativo, além de unir casais, também está separando pessoas, criando intrigas regadas pelo ciúmes, inveja e criando uma divisão entre os usuários populares e aqueles que nunca tiveram seu alarme tocado.

Veja Também!  Ficha Técnica | Inacreditável - 1ª Temporada (Original Netflix)

Dessa forma, o drama irá abordar também o lado negativo desta tecnologia em nossas vidas, sobre como o seu uso excessivo pode ser prejudicial. Neste sentido, aproxima-se um pouco do episódio Nosedive, de Black Mirror, que fala sobre a vida contemporânea em torno dos likes, trazendo um pouco de ficção científica e até mesmo distopia ao drama coreano.

Personagens e elenco

Acompanhamos o desenvolvimento dessa narrativa ao lado de Kim Jojo, a protagonista feminina. Com um passado triste e um presente ainda mais dramático, a personagem sofre de insegurança que, acompanhada de uma síndrome de inferioridade por muitos anos regada pelos maus-tratos que recebe, faz com que ela se afaste das pessoas para evitar magoá-las, mas acaba as machucando ainda mais.

Apesar de adolescente e, portanto, imatura, parte de suas atitudes são condenáveis e acabam por irritar o público, não causando tanta empatia quanto poderia por sua história. Ela foi interpretada por Kim So Hyun, já conhecida por trabalhos em Ruler (2017) e Radio Romance (2018), e não há nada para reclamar dela: sua atuação foi muito boa e conseguiu transmitir os dramas da personagem.

Veja Também!  Resenha | Kabaneri da Fortaleza de Ferro: A Batalha de Unato (Original Netflix)

Nos papéis masculinos principais, Jung Garam e Song Kang brilham como Lee Hye Yeoung e Seon Oh, respectivamente. Os personagens são extremos opostos: enquanto um admira Jojo a distância há tempos, seu amigo já dá em cima dela na primeira oportunidade que tem, e o fato de gostarem da mesma garota poderá ser um obstáculo nessa amizade de infância.

Infelizmente, ambos os personagens são bem caricatos e falta desenvolvimento, mas nada que não possa melhorar em uma possível segunda temporada, já que a história deu pano pra manga.

Resenha | Love Alarm

Fotografia nota mil

Enquanto os personagens deixam a desejar, o drama ganha pontos pra lá de positivos com sua fotografia e ambientação. A Netflix já é conhecida por saber utilizar os melhores takes e paisagens para compor suas produções da melhor forma possível, e não foi nada diferente por aqui.

As paisagens coreanas são um plus, já que a Coreia do Sul é um país extremamente rico em belezas, tanto naturais como urbanas, e tudo foi muito bem trabalhado com um ótimo jogo de câmeras e edição detalhada.

Veja Também!  Onde Assistir | Documentário Alô, privilégio? É a Chelsea online

Segunda temporada?

Dramas coreanos não costumam ter uma segunda temporada, salvo raras exceções, mas a Netflix tem quebrado com esse costume em seus originais, talvez como uma tentativa de aproximar as produções do público ocidental, com esse padrão comumente adotado por séries americanas.

Basta ver, por exemplo, Primeira Vez Amor, que ganhou duas temporadas em menos de três meses, e Kingdom, que foi lançada no começo do ano mas já tem sua segunda temporada aguardada para o próximo ano.

Como dito anteriormente, é bem provável Love Alarm que tenha uma segunda temporada, pois os oito episódios não deram conta de revelar tudo o que precisamos saber sobre esse triângulo amoroso e o futuro do polêmico aplicativo. O último episódio (calma, não vamos dar spoiler!) abriu um arco imenso que precisa ser desenvolvido no futuro, ou o drama acabaria completamente sem desfecho.

E você, o que achou de Love Alarm? Já está ansioso para a provável nova temporada? Deixe seu comentário!

 

Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

21 COMENTÁRIOS

  1. Acabei de assistir a 1 temporada de Love Alarm, e sinceramente, não vejo a hora nem o momento, de poder ter o imenso prazer de assistir, sua 2 temporada esta primeira, mim deixou com muinta vontade de assistir mais e mais… FãdeLoveAlarm

  2. Terminei de assistir agorinha mesmo; amei tudo nele, a história, o elenco, as osts, as cenas e tudo, mas tem que ter uma segunda temporada, o último episódio acabou tão tenso, nem sei se aguentarei de ansiedade

  3. Gente minha filha de 13 anos me convidou pra assistir está série. Resumo da ópera kkkkk eu amei e estou aqui louca pra assistir a segunda temporada.
    Me sentindo uma adolescente kkkkk com 40 anos

  4. Nossa, tive que vir procurar se o final era isso mesmo…. Fiquei tipo… COMO ASSIM???? Sério isso????
    Tomara que tenha segunda temporada, pq nem a sinopse do último episódio feito pela Netflix bateu.

  5. Na minha curiosidade pelo final fui ler a história no webtoon e não gostei do que eu vi. Pelo menos diminui as minhas expectativas para aguardar a segunda temporada e o desenrolar da história.
    Espero que a Netflix não decepcione.

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.