Mãe Só Tem Duas é uma série mexicana de comédia, criada por Carolina Rivera e estrelada por Ludwika Paleta e Paulina Goto. Estreou na Netflix no dia 20 de janeiro e tem classificação de 16 anos.

Enredo

Ana e Mariana, duas mulheres completamente diferentes, acabam, por acaso, dando à luz no mesmo hospital. Acidentalmente, uma enfermeira acaba trocando as identificações das crianças e as mães levam as bebês erradas. Quatro meses depois, o hospital descobre o erro e a troca precisa ser realizada imediatamente. Como Ana e Mariana já estavam apegadas às filhas, Ana a convida para morar com ela, seu marido e seus dois outros filhos. Agora, ambas são as mães das meninas e, apesar de não terem se suportado, no início, constroem, aos poucos, uma belíssima relação.

O roteiro é muito bem escrito e tem um bom desenvolvimento, mesmo com alguns pequenos furos — mas que não incomodam. Os personagens são bem trabalhados, bem desenvolvidos; não só as protagonistas, mas como boa parte dos outros personagens. A trama principal é muito bem construída, assim como as subtramas. A forma como o machismo é criticado é bem feita e, através das protagonistas, a série consegue mostrar como, infelizmente, ele ainda existe em peso e incomoda. Ana é quem mais sofre com isso, porque tem que, a todo instante, se provar no trabalho, apenas por ser mulher e mãe.

A narrativa é muito fluida, com um ótimo dinamismo. Os episódios não são longos e acontece muitas coisas em pouco tempo, mas isso não tira a qualidade da produção, não a deixa corrida demais. Ela é bem acelerada, mas, também, bem explicativa. 

Elenco e Personagens

As já conhecidas pelos fãs de novelas mexicanas, Ludwika Paleta — a eterna Maria Joaquina, de Carrossel — e Paulina Goto, estão muito bem. As atrizes formam uma belíssima dupla e se dão muito bem em cena. A conexão entre elas é inegável e deixa as personagens com uma baita química. O desenvolvimento do relacionamento delas é muito bem feito e consegue mostrar, aos poucos, todas as transformações pelas quais ele passa. São personagens completamente distintas, mas que realmente se completam. 

Ludwika, talvez, tenha a melhor atuação do elenco. Sua entrega é bastante visível e ela tem muita segurança em cena. Seu carisma é inegável e parece impossível não se encantar por Ana, mesmo que ela tenha algumas características que não ajudam. Ludwika passa por cima disso tudo e consegue entregar uma personagem muito cativante. A atriz tem muita facilidade para ir do drama à comédia e vice-versa, com a mesma qualidade. A mudança pela qual Ana passa é muito bem desenvolvida pela atriz. 

Paulina também está excelente. Ela tem muito carisma e consegue conquistar o espectador. Está muito segura em cena e trabalha muito bem a carga dramática pesada da personagem. Ela também tem muita química com Pablo (Javier Ponce), pai de sua filha. São uma bela dupla e conseguem se dar bem em cena. Pablo é um personagem que o público tem tudo para odiar: ex-namorado de Mariana, a abandonou ainda grávida, por medo e insegurança. Mas o arrependimento e o carisma do ator fazem o espectador torcer por ele, pelo menos para que consiga ver a filha.

Os filhos de Ana — Ceci e Rodrigo, interpretados, respectivamente, por Dalexa e Emílio Beltrán — são personagens muito divertidos, os mais engraçados da série. Ambos estão muito bem e impressionam por seu talento, com tão pouca idade.

Direção e Fotografia

A direção trabalha muito bem, principalmente com o elenco, que é a melhor parte da série. Mãe Só Tem Duas consegue transitar, com facilidade, entre o drama e a comédia, sem tantos exageros. Claro que este está presente, em algumas partes, mas não extrapola e não torna a produção melodramática. A série tem o espírito das novelas mexicanas já conhecidas, sim, mas o exagero é muito bem dosado e é fundamental para que o humor funcione. A produção tem um humor leve, agradável, e é realmente muito divertida. A fotografia é muito bonita, bem colorida, vívida, com tons bem quentes, ressaltando ainda mais a atmosfera divertida e alegre da série. 

Cenografia e Figurino

Grande parte das cenas acontece na casa de Ana e Juan Carlos; algumas no trabalho dela, na casa de Pablo e outras na de Teresa, mãe de Mariana. O figurino é composto, principalmente, por roupas mais formais, como vestidos, ternos e sobretudos. Há, também, muitos uniformes e roupas casuais, além de alguns trajes mais popularmente mexicanos, que Mariana costuma usar.

 

E você? Já assistiu à série Mãe Só Tem Duas? Deixe o seu comentário!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Experimente o Telecine por 30 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.