No Coração do Mar é um filme de ação e drama lançado em 3 de dezembro de 2015. A direção é assinada por Ron Howard e seu elenco é composto por Chris Hemsworth, Benjamin Walker, Cillian Murphy, Tom Holland, Brendan Gleeson, Ben Whishaw, Michelle Fairley, Charlotte Riley, Jordi Mollà, entre outros nomes.

Enredo de No Coração do Mar

No Coração do Mar se passa no século dezenove em que, para trazer a luz, era preciso óleo de baleia, e com isso, surgiram várias empresas no ramo. É quando Owen Chase (Chris Hemsworth) é incumbido de ser o primeiro imediato de um navio baleeiro para trazer o máximo de barris possíveis. Cargo esse que deveria ser de capitão, porém esse posto ficou para George Pollard (Benjamin Walker) que, mesmo tendo menos experiência, o recebeu por causa de seu nome. Porém, durante essa longa viagem, eles são atacados por uma Baleia Branca com uma sede de vingança insaciável, e então uma briga entre o homem e a natureza começa.

O filme, principalmente no seu primeiro ato e no início do segundo ato, conduz a história com extrema agilidade. Entretanto, a partir da metade do segundo ato, a obra desacelera bastante, tira o espaço da ação e dá mais foco ao drama.

Veja Também!  Sen Çal Kapimi | Conheça a novela turca que está fazendo sucesso entre os brasileiros!

Elenco e Personagens

Os personagens não são, em sua maioria, tão originais assim. Na verdade, essas personalidades como o durão, o novato ou o personagem que toma todas a decisões erradas possíveis, e a interação entre eles, já foi explorada a exaustão no áudio-visual e, em sua maioria, presentes no longa, são bem simples e superficiais. Logo, não é tão difíceis de se construir e desenvolver personagens desse tipo, já que a fórmula já vem pronta.

As atuações são à altura dos seus personagens, simples e superficiais, como é possível ver na dupla protagonista Chris Hemsworth e Tom Holland. O que não é visto em outros trabalhos dos atores.

Direção e Fotografia de No Coração do Mar

A direção do filme em geral não é uma coisa pra lá de complexa. Porém é preciso ter muita habilidade para dirigir aquelas sequências de ação no navio, onde acontecem muitas cosas ao mesmo tempo: a baleia vindo, o mastro quebrando, o navio despedaçando, a âncora voando, etc. E são nessas cenas que a montagem também mostra para que veio, com cortes precisos, principalmente nas cenas de ação. Mas o maior mérito da produção é a mixagem e a edição de som que, com os seus sons enquanto o navio navega, as ondas que quebram nele, os esguichos das baleias, etc, dão muita grandeza a esses elementos em específico.

Veja Também!  Resenha | Joy (Original Netflix)

A fotografia aqui retrata os seres humanos e os ambientes em que vivem, como cidades, ou o próprio navio, com tons escuros, como se aquilo fosse sujo, maculado. Já a natureza, como os mares, oceanos e as baleias, são apresentados com cores muito mais saturadas e vivas.

Cenografia e Figurinos

O filme se passa no século dezenove e, por isso, cai muita responsabilidade nas costas da direção de arte e sim, ela é muito bem feita, não só em suas roupas, onde o telespectador presta mais atenção, mas também nos elementos de seus cenários, como o quadrante, as pistolas, o navio em si e etc.

E você? O que achou do filme? Conta pra gente nos comentários.

Veja Também!  Resenha | See - 1ª Temporada (Original Apple TV+)
Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.