Dirigido por Chris Nelson, O Date Perfeito, novo original Netflix, traz mais uma comédia romântica para fim de tarde. E ele é estrelado pelo mais novo galã dos filmes do gênero: Noah Centineo, o nosso Brooks Rattigan. O garoto é um atendente de lanchonete que aspira estudar em uma das faculdades da Ivy League, Yale. Porém, seu maior problema não é ser aceito, mas o valor que precisará investir.

Então, depois de ser pago para sair com Celia (Laura Marano) por um acaso do destino, ele percebe a oportunidade de um empreendimento. Com a ajuda de seu amigo Murph (Odiseas Georgiadis), que programa um aplicativo, ele passa a sair com garotas ricas e problemáticas em troca de dinheiro. Brooks transforma-se em quem elas querem que ele seja.

E a comédia romântica não está aí. Está na simples fórmula que existe em tantos outros filmes: o garoto se apaixona pela garota popular e com a ajuda da garota rebelde – Celia – ele consegue juntar-se a ela. Contudo descobre no final que seu verdadeiro amor sempre esteve ali: na garota não tão popular assim. Esse é o papel de Marano.

Veja Também!  Confira o Top 10 Filmes de hoje na Netflix Brasil (08/08)

O Date Perfeito é previsível

O roteiro de Steven Bloom não tem nada de impressionante. Na verdade, ele é um pouco previsível até demais. Mas não é um problema quando há um bom desenvolvimento. O que não aconteceu em O Date Perfeito.

O longa entrega algo bom, mas nada digno de um sucesso como ocorreu com o trabalho anterior de Centineo, Para Todos Os Garotos Que Já Amei. Isso porque a história é um tanto quanto clichê demais e morna. Já a direção de Nelson peca apenas na mentoria sobre alguns atores.

Definitivamente é um filme que você colocará na sua lista e assistirá em um fim de tarde. Mas não é do tipo que você verá várias vezes porque se encantou com os personagens. Eles não são extremamente cativantes, ou maravilhosamente apaixonantes. É tudo simples demais.

Veja Também!  Confira o Top 10 Séries de hoje na Netflix Brasil (08/08)

O trabalho de elenco é bom, mas poderia ter sido melhor

Cetineo está construindo bem sua carreira com base nesses filmes. Não há dúvidas de que ele será o próximo rosto que veremos na próxima comédia romântica que estreará na Netflix. O garoto consegue ser um personagem diferente, com uma aura diferente em cada filme.

E Marano faz bem o papel da garota que é fria para esconder seus sentimentos, mas poderia ter sido um pouco mais cativante. Ela é uma personagem forte, independente e isso é um grande potencial nesse tipo de narrativa (Julia Styles que o diga com sua icônica Kat Stratford). Mas senti que o roteiro simples demais não deu o aprofundamento que a personagem poderia ter tido.

Veja Também!  Ficha Técnica | Dançarina Imperfeita (Original Netflix)

Por fim, sobre a cenografia não há muito o que comentar. Os cenários são os típicos de filmes do gênero: escolas e casas. E figurino e fotografia agradam bastante, mas são muito especiais.

Enfim, a classificação que dei ao filme não quer dizer que seja ruim, apenas que é morno demais. Não causa tanta comoção nem cativa igual a outros títulos do mesmo gênero. O que é uma pena, já que a premissa de O Date Perfeito é bem interessante.


Inscreva-se no nosso canal
 
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"   
 

ARTIGOS RELACIONADOS

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.