O Farol é um filme de 2019, lançado nos gêneros de drama e terror psicológico. Ele se passa no final do século 19 e conta com Robert Pattinson e Willem Dafoe como protagonistas.

Enredo de O Farol

O Farol conta a história de dois marinheiros que acabaram de chegar a uma ilha para assumir seu período de trabalho na manutenção do farol. Porém, o local isolado, as dificuldades de interação entre ambos, abusos de hierarquia e situações extremas os levam a mais pura loucura.

Além disso, também a indicação de uma possível atividade sobrenatural pairando sobre a ilha. No entanto, parece ser apenas mais um fruto da loucura de ambos.

O Farol não é um filme para ser entendido, esse é o fato. 1h50 de pura tensão e agonia se passam sem que nada seja de fato explicado. E não é para menos, o psicológico de ambos os marinheiros não estava lá essas coisas desde o princípio. Então, passamos o filme da mesma forma que o personagem de Pattinson, quase mudos no início, depois pelo completo tédio do desenvolvimento das tarefas abusivas lançadas apenas a ele, a curiosidade sobre seu colega de quarto e suas longas noites no topo do farol e, por fim, o frenesi de sua loucura.

Elenco e Personagens

Não consigo pontuar quem foi o maior destaque na trama. Tanto Pattinson, quanto Dafoe brilharam em papéis que acredito terem sido tão extremos quanto as condições em que seus personagens se encontravam.

As masturbações constantes acompanhadas de fantasias envolvendo sereias de Howard (Pattinson), os delírios estranhos de Wake (Dafoe) no farol, os encontros sobrenaturais e verdadeiramente enlouquecedores de Howard e cadáveres pela praia, além das interações sempre marcadas por brigas e mostrando as nuances da loucura já existente em ambos, tudo isso foi tão bem interpretado que não há como pontuar que o fez da melhor forma.

Direção e Fotografia de O Farol

O filme todo parece ter saído da história de um quadro. Como se olhássemos para uma pintura e imaginássemos uma história acontecendo ali. E essa sensação se dá muito pelas referências existentes a obras já conhecidas. Ademais, sua fotografia toda em preto e branco também deu seu toque poético e especial à obra.

Portanto, a direção de Eggers foi uma verdadeira obra de arte. E também, vale lembrar que foi muito desafiadora. As condições nas quais o filme foi produzido só mostram o quão compromissada a equipe estava.

Cenografia e Figurinos

Por fim, a cenografia do filme foi tão impactante quanto o resto dele. Afinal, ver as condições precárias em que os personagens se encontravam nos faz realmente pensar que qualquer um seria levado a loucura. E os figurinos não ficam para traz. Quanto tempo eles ficaram sem tomar um banho naquele local? Roupas rasgadas, molhadas.

E então, o que você achou de O Farol? Conta pra mim nos comentários!

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Os Livros Mais Vendidos de Hoje: https://amzn.to/3nfT3tC
Roupas com Estampas Geek: https://amzn.to/38ykhrx
Quadros e Placas Decorativas Geek: https://amzn.to/3kjL8JR
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.