O Fascínio é um filme de terror lançado em 2 de outubro de 2020. A direção é assinada por Domenico Emanuele de Feudis e seu elenco é composto por Riccardo Scamarcio, Mía Maestro, Giulia Patrignani, Mariella Lo Sardo, Sebastiano Filocamo, Raffaella D’Avella, entre outros nomes.

Enredo de O Fascínio

O Fascínio acompanha Emma (Mía Maestro) que, quando viaja para o sul para visitar a mãe de seu marido, Francesco (Riccardo Scamarcio), tem a sua vida virada de cabeça para baixo quando se vê obrigada a enfrentar forças sobrenaturais para salvar a sua filha.

O ritmo começa bem lento no primeiro ato. No entanto, termina bem acelerado no terceiro ato. O fato é que, quanto mais as ocorrências sobrenaturais ocorrem, mais o ritmo acelera.

Elenco e Personagens

Os personagens em geral não são tão bem construídos nos primeiros minutos do filme e também não são muito bem desenvolvidos e explorados em toda a sua duração. Dessa forma, o que sobra são personagens superficiais e explorados de forma genérica.

Veja Também!  Sneakerella | Disney+ anuncia adaptação moderna de Cinderela

Além disso, as atuações não melhoram a situação, muito pelo contrário. Isso porque falta, principalmente para a Mía Maestro, que é a protagonista, expressividade. Quando ela alterna de um expressão de felicidade nas cenas mais tranquilas para uma assustada nas cenas mais tensa, não há versatilidade nas emoções transmitidas.

Direção e Fotografia de O Fascínio

A produção em geral é extremamente genérica, parecendo cópias de outras cópias. Isso porque ela traz planos que vão trazer aquele sentimento de “eu já vi isso”. No entanto, isso não é um tributo ou uma referência, é claramente uma cópia.

A trilha sonora parece que foi tirada do mesmo banco de dados que todas as outras dos filmes do gênero, não é única e especial. Logo, não traz muito bem a emoção que ela quer no público. Isso também é culpa da montagem que, além de não ser tão precisa, não parece saber ajustar a trilha ao material que lhe foi fornecido.

Veja Também!  Ficha Técnica | Rebecca - A Mulher Inesquecível (Original Netflix)

A fotografia também não possui tanta identidade. De dia usa-se um cinza que dá uma lavada nas demais cores, e de noite, simplesmente não há luz. Ou seja, não se enxerga lá muita coisa

Cenografia e Figurinos

A direção de arte traz os seguintes elementos: nos figurinos, podemos perceber alguns traços da personalidade de alguns personagens. Esse é o caso da mãe de Francesco (Riccardo Scamarcio), que usa uma roupa longa, que demonstra como ela é reservada, traço que é comentado mais para frente no longa.

Ademais, o palco principal do filme é a casa da mãe do Francesco, que o filme erra em trazer os seus personagens para muito longe da casa, fazendo a obra se perder no caminho. Entretanto, se ela se concentrasse totalmente no suspense, tensão, e nos sustos na casa, o filme seria menos pior.

Veja Também!  Resenha | Rebecca - A Mulher Inesquecível (Original Netflix)

E você? O que achou do longa? Conta pra gente nos comentários.

Confira nossa Ficha Técnica aqui.

Na UOL Play você pode assistir aos melhores filmes e séries sob demanda, além de vários canais de TV por assinatura. Tudo isso no mesmo lugar. Gostou? Experimente por 7 dias grátis! Clique e confira!
Siga o Entreter-se também no Google Notícias, CLIQUE AQUI e em seguida aperte em "Seguir"  

 

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.